moda

A moda é o que você faz dela

“Aqui tem muitas pessoas e elas te acolhem mais. Querem conhecer mais sobre sua cultura” conta Zahra Kaebi, estudante do quarto semestre de Administração de Empresas com ênfase em Comércio Exterior.

A mackenzista nasceu no Brasil. Sua família, por outro lado, é de origem iraquiana, e ela relata as diferenças que observa entre o local que mora, e o país natal de seus parentes. “Em comparação com o Iraque, aqui é muito limpo. É muito poluído lá, por conta da areia do deserto. E o quesito vestimenta e moda é muito mais rigoroso. Tem que usar uma espécie de capa.”

Além de ter visitado o Iraque, a jovem teve a oportunidade de conhecer a Inglaterra. Após terminar o ensino médio, Zahra e seu irmão rumaram a Eastborn, através de um programa de intercâmbio. A experiência fez com que ela praticasse o idioma, como também ajudou no processo de amadurecimento da estudante.

E hoje, a futura administradora de empresas, sonha em sair do Brasil. “A minha intenção era fazer faculdade fora do Brasil. Pelo menos um mestrado. Morar um tempo na Inglaterra, em qualquer lugar.”

Com relação aos seus gostos, a mackenzista comenta sobre seus hábitos de exercícios. “Eu fazia uma academia só de mulheres. Elas fechavam a cortina e eu podia tirar o lenço (hijab). É de circuito, mas tem umas atividades a mais como zumba e step.”

Apesar de usar hjiab, a jovem não abre mão das tendências de roupa da estação. “O hijab é uma parte de mim. Eu consigo mostrar quem eu sou…Tem uma frase que é algo como: ‘A moda é o que você faz dela.’  Você usa o que te faz sentir bem e confortável, não tem necessariamente que obedecer a uma regra para ser aceito.”

Clique aqui para conhecer mais sobre a moda do Oriente Médio