Van Gogh sobre tela

        Filme sobre Van Gogh pintado á mão concorre ao Oscar de melhor animação

        Com amor van Gogh, em inglês Loving Vincent, relata a história de um dos maiores pintores que conhecemos, o holandês Vincent Willen Van Gogh. O filme, que transcorre um ano após o suicídio do pintor em 1890, narra história do carteiro e amigo pessoal de Vincent, Joseph Roulin, quando pede a seu filho Armand Roulin que entregasse a última carta do artista para seu irmão Theo van Gogh. Após ser convencido por seu pai, Armand vai à cidade de Arles (França) em busca de da família de Vincent. Depois de relacionar-se com os conhecidos de Van Gogh, inicia uma investigação em busca de respostas sobre a real causa de sua morte.

O primeiro conceito para a obra, foi um curta de sete minutos produzido pela artista polonesa Dorota Kobiela, que estudou as obras do pintor e suas cartas, em 2008. Após nove anos Kobiela e o britânico Hugh Welchmann produziram a primeira animação totalmente pintada à mão. No total, foram necessários cerca de 125 pintores de mais de 20 países, responsáveis por pintar mais de 65 000 quadros do filme. Toda a arte do filme é baseada nas principais obras expressionistas de Vincent van Gogh, como Terraço do Café a Noite – 1888, Autorretrato – 1889, Retrato do carteiro Joseph Roulin (um dos personagens da história) – 1888 e Velho Triste – 1890. Os produtores decidiram contratar pintores por um questionário de recrutamento na internet, no qual mais de 5 000 pessoas se candidataram.

A produção foi muito bem aceita e avaliada pela crítica internacional, vencedor de melhor animação na Europa, indicado a melhor animação pelo Oscar, Globo de Ouro, British Awards, entre outros festivais do cinema.

A animação ainda está em cartaz em cinemas de São Paulo, como Reserva Cultural e o Caixa Belas Artes (bem pertinho do Mackenzie). E se prefere optar por assistir em casa, o filme chegou à Netflix nesse mês de março.

TRAILER FILME: https://youtu.be/Gy0RVDM1sNA

Texto por Denis Pimentel