Uma visão infinita da vida

“Fomos para São Roque, não deu para ver nada na estrada. Quando a gente chegou lá, encontramos minha outra amiga, a Carol. E foi lindo,  porque ficamos vendo as estrelas em um pico às 3 horas da manhã, rindo. E naquele momento eu me senti infinita”, conta Paola Churchill sobre sua maior aventura. Isso aconteceu em uma madrugada de feriado, quando a estudante de 21 anos estava em casa assistindo ‘De Férias com Ex’ e recebeu a ligação de seu melhor amigo. Ela descreve a cena:

“tocou meu telefone, era meu melhor amigo. Eu não espero que pessoas me liguem a uma da manhã. Ele me perguntou o que eu estava fazendo. Eu falei:

-‘vendo de férias com ex’.

– pega suas coisas que a gente vai viajar

– que viajar, você está louco? Olha o horário…

–  Não, a gente vai. Não sei para onde, mas vamos!”

A mackenzista gostou tanto da experiência de se sentir “infinita” que diz: “eu nem tenho palavras para descrever o quanto foi incrível e mágico”. Dentro da faculdade sua maior aventura é a própria faculdade. “ Para mim, a maior aventura que eu estou vivendo no Mackenzie, é o Mackenzie. Estar com meu amigos… eu nunca tive amigos, só uma melhor amiga que  agora está em Portugal. Eu sofria Bullying na escola. Eu achava que nunca ia encontrar o meu lugar no mundo, nunca ia encontrar pessoas que gostassem de mim, mas hoje eu encontrei no Mackenzie. Eu me encontrei na faculdade.Então, a minha maior aventura está sendo a faculdade”, explica.

A jovem gosta da faculdade e de fazer jornalismo. O que a fez escolher jornalismo foram seus pais. “Os meus pais se conheceram em uma redação de jornal e como essa é minha história de amor preferida, eu queria fazer jornalismo por causa disso, sabe? Porque como os dois se conheceram lá, meu pai era jornalista, minha mãe não é mais porque está aposentada. Eu queria fazer a mesma coisa. E eu gosto muito de escrever. Crônicas. E também de saber um pouco da vida das pessoas e por isso que jornalismo caiu que nem uma luva para mim”. A paixão por escrita a fez ter um sonho de escrever um livro de crônicas. “O meu melhor amigo fala que minha vida é igual a uma série, e eu pensei ‘mas não é?’ Ai eu comecei a escrever várias histórias que aconteceram comigo e com outras pessoas. E eu queria que isso desse certo, sabe? No momento esse é o meu maior sonho”. 

Por último, ela fala de sua experiência na Redação Virtual. Paola é ex-líder da Share. “ Eu cresci muito dentro da Rv. Eu era muito insegura.Dentro de lá, eu entendi muito bem quem eu era, o que eu gosto de fazer  que é conhecer pessoas. Eu era líder da Share né. Caiu na minha mão. Eu sou muito grata. Tudo que eu aprendi, os amigos que eu fiz. O processo seletivo que é cansativo, mas vale a pena quando está pronto. Você cresce, conhece pessoas, aprende a ser uma pessoa melhor, tanto no pessoal quanto no profissional”. Paola, com apenas 21 anos já viveu muitas experiências e sonha muito com a vida, que assim como ela, é infinita.

Para ler um perfil de Paola, clique aqui 😉