Uma vida junto ao esporte

“Esporte pra mim é vida, o esporte te da muitas coisas, não apenas material. Ele te acrescenta muito não só por ser algo saudável para o seu corpo, mas também por te dar a chance de conhecer boas companhias e amizades.” Um exemplo de simpatia e determinação, Carla Forte, de 22 anos, estudante de publicidade e propaganda, nos conta um pouco de sua vida e sobre o que mais ama: o esporte.

Jogadora de tênis, teve que abandonar sua carreira profissional devido a uma cirurgia que gerou um grande trauma físico à atleta. Independente das dificuldades, ela ainda adora jogar e diz: “Se eu pudesse escolher algo pra estar fazendo nesse momento acho que estaria jogando tênis, não digo nem nada profissional, apenas queria estar na quadra.”

O tênis já acrescentou de diversas maneiras a vida de Carla, porém ela explica: “A melhor experiência que o tênis pode me proporcionar acho que foram as viagens, você poder conhecer o mundo e a cultura de outras pessoas. Eu escolhi meu curso, Publicidade e propaganda, justamente por isso. Eu aprendi tanto sobre como você deve tratar pessoas de culturas diferentes que eu queria lidar com alguma coisa nesse estilo, de relacionamento com os outros.”

Aqui no Mackenzie, Carla tem a oportunidade de praticar o esporte que tanto ama, e como recompensa, nunca perdeu um jogo representando o seu curso! Sobre isso ela nos conta: “A melhor experiência que o Mackenzie me proporcionou foi jogar o JUCA, porque no tênis você joga por você, não por um clube e nem por nada mais, então você ganha e perde pra você. Ter essa oportunidade de jogar por algo a mais que eu, por uma torcida, uma faculdade… Poder representar tudo isso, é incrível!”

“Eu acho que uma qualidade que eu recebi jogando tênis é saber lidar sobre pressão, por exemplo, na época do vestibular eu olhava todo mundo desesperado e eu, que não tinha nem feito o colegial como os outros, fiz apenas a distância, estava ali tranquila porque jogando eu já ficava o dia inteiro sobre pressão. Aprendi até lidar com a vitória e a derrota, o que foi muito importante pra mim.”

“Se eu pudesse mudar alguma coisa no mundo acho que incentivaria os esportes que não tem tanto reconhecimento aqui no Brasil, colocaria eles mais na mídia e ter contato com esses esportes desde cedo.” Carla acredita que o esporte tem o poder de mudar a vida de alguém, “Ele te da uma disciplina absurda, não tem dia ruim, não importa se você acorda cansada, com dor ou se você acabou de operar. Você tem que ir lá e jogar. Você se torna independente muito rápido, ele te obriga a crescer e amadurecer muito antes.”

Para finalizar, ela manda um recado importante para todos os Mackenzistas: “Se envolvam mais com a faculdade, aproveitem o que o Mackenzie tem a oferecer. No esporte nós temos várias modalidades, temos quadras dentro do campus e uma atlética que está se reestruturando e fazendo de tudo pra apoiar os jogadores. Já para os que já jogam mesmo, se doem mais, se dediquem nos treinos! Ame sua camisa, ame sua faculdade e aproveite isso pra crescer!”

Leia também: http://redacao.mackenzie.br/a-dupla-de-ouro/