Um semestre em Melbourne, Austrália

 

No post de hoje, a editoria internacional convidou o mackenzista Michel Hayek, 5º semestre, do curso de Administração com ênfase em comércio exterior, para contar diretamente de Melbourne sobre a experiência que ele está vivendo na Austrália.

 

 

Austrália, capital Camberra é um país localizado no hemisfério sul, possui como moeda o dólar australiano e seu idioma oficial é o inglês.

O aluno que foi para o intercâmbio em agosto de 2017, com previsão de volta em fevereiro de 2018, está cursando o VET de business, international trade, na escola ILSC.

 

 

Cultura

Melbourne é considerada a capital da cultura e da literatura na Austrália. A cidade possui muitos museus: da imagem e do som, esporte, historia natural, entre outros. Peças de teatros e musicais são mais do que comuns e fazem parte do dia a dia do local. As streets arts marcam as pessoas que passam pela região, uma grande diversidade de artistas e músicos. 

 

Gastronomia

Por ser extremamente multicultural, a gastronomia é internacional. Michel citou há uma grande diversidade na culinária, de diversos países diferentes, resultando em comidas bem exóticas, de carne de canguru até lula viva.

 Transporte

O transporte é muito eficiente, abrange praticamente toda a cidade, e é composto por: trens, ônibus, metrô e tram (um bonde), todos têm hora certa para passar. Inicialmente, pode ser um pouco confuso o uso do transporte público, por ter uma malha muito abrangente. Dessa forma, o governo oferece um app de graça para  acompanhar e monitorar os horários ou itinerários de todo o complexo – um diferencial.

“É necessário o uso do cartão myki, que funciona para todos os transportes, da mesma maneira que o bilhete único, a diferença é que você precisa passa-lo no sensor, tanto na entrada, quanto na saída da estação”, mencionou Michel.

Na região do centro da cidade os trams são gratuitos e no período noturno,a frequência de transportes diminui bastante. Uma outra opção é o uso dos night bus, ônibus que saem de determinados pontos e vão para regiões mais distantes do centro.

 

 

Em questão de segurança, ele disse que seja na rua ou no transporte público as pessoas andam com celular na mão, notebook no colo, sem nenhuma preocupação ou medo.

 

 

 

Custo de vida

Segundo o mackenzista o custo de vida  é extremamente alto, um dos maiores do mundo, porém os salários são equivalentes – o salario mínimo pode chegar a 20 dólares australianos por hora

 

Ele ainda explica que não compensa comprar eletrônicos em geral, pois realizando a conversão da moeda o preço torna-se similar ao do Brasil.

 

 

Curiosidades sobre Melbourne

  • Curiosidades sobre Melbourne
    • Melbourne foi eleita por sete anos consecutivos o melhor local para se morar.
    • É a cidade com a maior concentração de cafés e restaurantes per capita no mundo.
    • É a cidade com o maior número de times na liga de futebol australiano, oito no total. É um esporte totalmente diferente de qualquer um que conhecemos, uma espécie de rugby com futebol, onde a partida é realizada em um campo redondo e tem duração de 3 horas!

 

 

 

 

Fotos por: Arquivo pessoal

Nataly Yumi Arakaki
Paranaense, porém paulistana de coração. Amante de livros. Comércio exterior. Apaixonada pelo mundo, e fanática por café.