Tutorial de Aquarela – Tentando nas férias!

 

Ahhh, o mês de julho está chegando! É tempo de férias! De relaxar, de curtir e dar uma merecida pausa entre os semestres! E se você é alguém conectado com novas experiências e vontade de fazer arte, esse post é para você! Nós do Faço Arte preparamos um especial de férias com várias novas possibilidades para vocês tentarem nessas férias, e a primeira delas é aquarela!

“Ah, mas eu não faço arte!” Vamos tentar juntos!

“Poxa, mas eu não tenho materiais!” A gente separou dicas incríveis e que cabem no bolso!

“Eu não tenho muitas habilidades artísticas…” A parte mais legal é tentar!

O primeiro passo é saber dos materiais:

1. A aquarela:

A aquarela é uma material incrível que pode ser encontrado de diversas formas!

É só escolher: em pastilha, bisnaga ou em lápis de cor.

 

2. Os pincéis:

Os pincéis também possuem uma variedade enorme que possibilitam diversas formas e texturas diferentes pra sua arte, mas não se preocupe em comprar pincéis caros. Aproveite para exercitar a criatividade e encontre novos materiais!

Tanto pincéis mais sofisticados quanto pincéis mais simples podem te dar o mesmo resultado na hora de pintar!

Até aquela escova de dentes velha e pincéis baratos de maquiagem são válidos!!!

 

3. O godê

O nome é diferentão mas não se acanhe! Caso não tenha um godê, use um pedaço de plástico, um prato ou um potinho qualquer! O importante é que o material seja impermeável. Não se preocupe com manchas, afinal a aquarela é a base de água e é removível com a mesma…

 

4. Água!!!

A água na aquarela é essencial, seja para manter os materiais limpos ou usá-la como material. É ela quem definirá a textura, a intensidade da cor e tonalidade de toda a pintura. Quanto mais água, mais demorado o processo de secagem da tinta (muita hora nessa calma). Quanto menos água, mais intensa a cor da tinta.

 

A água faz parte de todo o processo!

5. O papel!

Texturas e tons do papel para aquarela!

Aviso aos tripulantes: o papel é a maior causa de desistência dessa técnica para quem quer começar! A escolha do papel errado pode desanimar qualquer um, por isso, existe um papel específico para a técnica da aquarela. Ele é mais aderente que a sulfite e mais poroso que o papel para desenho, exatamente para que absorva melhor a tinta. Você também pode escolher entre tons de branco e creme para a cor base do teu papel.

Ah! E não se esqueça: além do papel de tela, procure usar um papel toalha, pano ou flanela, para tirar o excesso de água e tinta do pincel quando necessário.

 

 

 

 

Agora que já separamos todo o material básico necessário, é hora de tentar! Se arrisque, se aquarele, faça testes com o material e treine o quanto quiser!