Poesia Suspensa 2018

A maior crise de quem escreve talvez seja o medo. Muitos têm medo de mostrar suas poesias, crônicas, contos, ensaios, etc. É natural. Geralmente temos medo sobre o que as pessoas vão achar, se elas irão gostar, se irão desgostar, se entenderão ou se não acharão nossos escritos tão geniais como eles são em toda […]


Preenchimento

Vivo amores intensos Tão insanos que parecem doentes Me agarro a eles como se eu fosse desmoronar Mesmo assim não é suficiente.   Quero a todo momento a beleza Moldo o corpo , mudo o cabelo , alinho os dentes A imagem no espelho está quase perfeita Mesmo assim não é suficiente.   Busco riquezas […]


Bob Dylan faz aniversário e comemora carreira lendária

Mês que vem, Robert Allen Zimmerman, mais conhecido como Bob Dylan, completará 77 anos. O lendário artista americano marcou seu nome na música mundial ao tornar popular o Folk e com suas composições afiadas. Além disso, algumas de suas canções, como  “Like a Rolling Stone”, “Tangled Up In Blue”, “Jokerman”, “Love Sick”, “Mississippi” e  “Knocking […]


(Res)guardo

tentei disfarçar a bagunça que aqui residia arrumei os móveis pintei as paredes mas principalmente abri as portas para que você pudesse entrar   você estranhou a bagunça é que já fizeram morada aqui mas não souberam se comportar    sem mais questionar pegou vassoura e a pá e foi me ajudando a organizar e […]


Resenha: A princesa salva a si mesma neste livro

O livro “A princesa salva a si mesma neste livro” de Amanda Lovelace traz poesias escritas pela norte-americana. Quando criança Amanda lia contos de fada, tema que inspirou seu livro. Porém a autora sai do tradicional ao fazer poemas em que a princesa é empoderada e independente de um príncipe. Dividido em quatro partes: A […]


Tempo perdido no tempo

Vejo o tempo (es)correndo em minhas mãos e essa minha vontade de agarrá-lo e de trucidá-lo. Mas é um erro pensar que ele é o culpado. Há quem o chame de cruel. Mas não se engane, somos nós os encarregados.   Nós e nossas convenções. Indecisões. Desilusões. O tempo, coitado, só passa, bom vivant e […]


Quem tem medo do Zé Ninguém?

É na avenida paulista que eu vejo a cara do Brasil. Os prédios tão altos que parecem chuva em dia de granizo. A selva de pedra que dá alento aos miseráveis. Aliás, e os miseráveis? Desmaiados no meio da multidão e seus corpos caídos contornados como bueiros interditados. Já fazem parte da paisagem. É o […]


Dia desses, o prelúdio de uma sentença

Dia desses – num súbito desespero – me levantei de um sofrimento  e corri para o cinema –  Era o filme da última sessão –   Minha mãe que dizia: Levanta essa bunda da cama  e vai viver a sua vida!  Ainda clamava em forma de tragédia – tão grega quanto Medéia – Que impotência! […]


Feito irmãs

Feito irmãs Elas sempre foram minhas melhores amigas. É engraçado que, mesmo com personalidades totalmente diferentes, nós sempre fomos tão unidas, ligadas de uma forma tão intensa. É claro, o laço familiar foi o motivo principal da nossa convivência, mas é algo muito mais forte, uma amizade que passou de geração em geração: nossas avós […]


Meu lugar

Meu lugar Decidi fazer um intercâmbio de um ano em Nova York. Não que fosse meu primeiro plano, eu pensava em sair do ensino médio e entrar direto na universidade, mas de repente eu me senti tão perdida. A profissão que eu havia escolhido ainda quando criança, não parecia mais a decisão certa. Eu não […]


Cotidiano do trabalhador comum

Acorda atrasado corre, meio desarrumado meio desanimado ainda meio desorientado Chuveiro queimado (vai frio mesmo) café velho, já amargado (vai assim mesmo) Ônibus atrasado Transeuntes estressados Enfim o veículo vem e cheio de gente amargurada agora meia hora levando cotovelada Metrô lotado empurra-empurra pra não morrer precisa ter cuidado pra alguns lados é puxado pra outros […]


nordeste

Essência do Nordeste

Do forró ao axé Da tapioca ao acarajé Não se avexe não Nordestino tem bom coração Dos costumes singelos E do sotaque tão belo Nordestino é arretado Gosta de um amor afeiçoado Há quem mangue e é cafajeste Mas nem sabe o que é o Nordeste Tá com a gota serena? Oxi, nordestino não tem […]


O frio do outono

Restam-se galhos As folhas já caíram Resta-se caos Os amores acabaram   Não era um furacão Era apenas uma ventania Que destruiu a compaixão Onde havia poesia   O tronco não aguentou A heresia foi demais Coração adoeceu Enquanto a árvore buscava sinais   Para florescer de novo, era necessário tempo Outra estação, outro momento […]


Dona Adelvina

Oitenta e dois Outonos passados Muita história percorrida E amor na medida Trinta e dois Filhos criados Depois de crescidos Só querem viver por mais oitenta e dois Nascida para amar Velhice não existe A lucidez resiste Com a vida pra ganhar Só os trinta e dois E os frutos dos mesmos Fortalecem do amor […]


Memórias

Carrego memórias dentro de mim Que nem o tempo é capaz de apagar, Memórias lindas, memórias vazias, Memórias que ninguém vai me tirar.   Dentro de cada memória Existem as minhas histórias Histórias de quem eu sou, De quem não sou E de quem eu gostaria de ser.   Memória é lembrança Sempre há uma […]