O frio do outono

Restam-se galhos As folhas já caíram Resta-se caos Os amores acabaram   Não era um furacão Era apenas uma ventania Que destruiu a compaixão Onde havia poesia   O tronco não aguentou A heresia foi demais Coração adoeceu Enquanto a árvore buscava sinais   Para florescer de novo, era necessário tempo Outra estação, outro momento […]


Dona Adelvina

Oitenta e dois Outonos passados Muita história percorrida E amor na medida Trinta e dois Filhos criados Depois de crescidos Só querem viver por mais oitenta e dois Nascida para amar Velhice não existe A lucidez resiste Com a vida pra ganhar Só os trinta e dois E os frutos dos mesmos Fortalecem do amor […]