Universos Particulares

Universos Particulares

Parar e analisar a diversidade de pessoas que existe por aí é algo assustador no mínimo e extraordinário no máximo. Não existe duas pessoas iguais no mundo. Até os gêmeos mais idênticos são singulares em seus interiores. Cada pessoa é absolutamente única e, para os românticos incuráveis, insubstituível. Mesmo com todas as exclusividades, na maioria […]


Timbres Diversos – Dia Mundial da Voz

Ela é capaz de tudo. Com a dicção certa, te convence dos mais absurdos posicionamentos. Com o volume certo consegue formar e parar multidões. Por meio do rádio ela te informa, te diverte, te convence, te trai, te compra. Ela é única. Não existe outra igual a ela no mundo, cada um tem a sua, […]


A vagar pelo mapa

A vagar pelo mapa

Olho o mapa da cidade Como quem examinasse A anatomia de um corpo, E este corpo fosse meu próprio E cada rua me determinasse   Sinto uma nostalgia Da existência que nunca terei Penso em tudo que faria Nas noites longas que tanto almejei   Quando eu for, um dia desses Poeira ou folha levada […]


O raso é monótono

Profundidade é algo que assusta a maioria das pessoas. Medo do fundo do oceano. Medo de altura. Medo daquilo difícil demais para se entender de primeira. Daquilo tão vasto que não se alcança o final à olho nu. Mas o que me assusta nos dias de hoje é o contrário, o raso. Tenho medo de […]


Debaixo da garoa

O termômetro na rua indicava doze graus. O vento parecia rasgar a minha pele. Eu já estava ali há dez minutos. Você nunca chegava. Eu observava as pessoas indo e vindo pela avenida, analisava cada rosto, esperando que algum deles viesse falar comigo. Mas não queria que fosse o de qualquer um. Queria que fosse […]


Florir

Florir Que dance a linda flor girando por aí Sonhando com amor sem dor, amor de flor Querendo a flor que é, no sonho a flor que vem Ser duplamente flor, encanta, colore e faz bem Acordo ouvindo Maria Gadú, olho no calendário e vejo a data de hoje: sexta-feira, dia 23 de setembro, começo […]


Não chamava

Não chamava Via online todos os dias. Curtia tudo. Todas as fotos. Nunca conversaram. Mas sabiam que tinham muita coisa em comum. Os dedos coçavam de vontade de chamar pra conversar. Pra sair. Mas não sabia puxar assunto. Nunca chamava pra nada. Queria comentar alguma coisa. Mas de preferência só com o olhar. Então não […]


Madrugada em Ursa Maior

Tem dor que a gente não guarda no bolso não é porque não quer, e sim porque não cabe. Surge um breve desespero quando se busca solução e ela não é prontamente encontrada. No sentido literal, há vários meios de encontrar as saídas e os incontáveis motivos que te tiram o sono, porém na prática […]