Seleção Brasileira de Futebol Feminino vence a Copa CFA na China

Comandada por Vadão, a Seleção conquistou o primeiro título após o retorno do técnico.

A Seleção Brasileira Feminina de futebol disputou a Copa CFA Yongchuan, um torneio amistoso, do dia 19 ao dia 24 de outubro em Chongqing, na China. Na competição, O Brasil enfrentou o México, a Coreia do Norte, e a anfitriã China. Depois de conquistar duas vitórias nos dois primeiros jogos, a equipe empatou por 2 a 2 com as donas da casa e conquistou o primeiro título após o retorno de Vadão ao comando da seleção.

Na estreia do torneio, o Brasil venceu o México por 3×0 em Chongqing, no Yongchuan Sports Center Stadium. Os gols foram marcados por Marta, Bruna e Bia em um jogo excepcional da Seleção. O Brasil começou bem o primeiro tempo, com boas jogadas no ataque. Houveram boas chances com Tamires, Marta e Gabi Zanotti. O México até esboçou uma pressão, mas a goleira brasileira, Bárbara, estava atenta e realizou boas defesas. A dupla de zaga formada por Bruna e Rafaelle também afastou várias bolas e consequentemente o perigo. Gabi Zanotti e Thaisinha tiveram oportunidades, mas a primeira etapa do jogo acabou no empate em 0x0.

Depois do intervalo, a Seleção Brasileira voltou melhor e logo no início abriu o placar, com um golaço de Marta. A camisa 10 recebeu o passe de Thaisinha, e tentou chutar uma vez, mas a zaga adversária protegeu. Na segunda tentativa, tirou da goleira e abriu o placar: Brasil 1 a 0 México. Após o gol, a goleira mexicana Bianca sentiu dores musculares e foi substituída por Cecilia. Logo na sequência, Marta cobrou uma falta, e Bruna cabeceou encobrindo a goleira e estufando as redes. O terceiro gol foi marcado por Bia. Rafaelle lançou a bola ao ataque, e a defesa mexicana afastou, Bia não desistiu e pressionou, dominando e chutand0 forte para balançar as redes.

Seleção Brasileira vence o México por 3×0.

A seleção mexicana até tentou diminuir a diferença no placar, apertando a marcação. Teve algumas chances de bola parada e de contra-ataque. Teve até um pênalti a favor, mas a camisa 10 mexicana bateu para fora. Durante a partida o técnico Vadão fez três substituições: Adriana, Milene e Rilany nos lugares de Gabi Zanotti, Thaisinha e Tamires, respectivamente. O placar se manteve até o final: Brasil 3 a 0 México.

No segundo jogo do torneio, o Brasil enfrentou a Coreia do Norte e venceu por 2 a 0, com dois gols de Marta. O jogo começou equilibrado, com as duas equipes chegando bem ao ataque. Marta recebeu passe longo de Andressinha, arrancou em meio a defesa coreana e bateu no canto da goleira para abrir o placar. A Coreia não se deixou abater e tentou impor o seu jogo, porém sem sucesso, já que a defesa brasileira não deu abertura para que as coreanas criassem.

Marta fez uma partida excepcional contra a Coreia do Norte.

Em seguida, Bia fez boa jogada pela esquerda, driblou duas norte coreanas e jogou na área para Marta, que só empurrou para as redes. A Seleção Coreana continuou a pressionar mas a Seleção Brasileira conseguiu manter o placar: Brasil 2 a 0 Coreia do Norte. Diferentemente da primeira etapa, que foi equilibrada, a segunda etapa foi dominada pelo Brasil. Antes do jogo acabar, a Coreia ainda acertou uma bola no travessão. Entretanto, o placar permaneceu igual: Brasil 2 a 0 Coreia do Norte.

Após as duas vitórias, na terceira e ultima rodada a Seleção precisava apenas de um empate para se consagrar campeã, e foi exatamente o que aconteceu. O Brasil ergueu a taça após empatar por 2 a 2 com a China.As duas equipes se estudaram muito no começo da partida, trocaram passes mas não ousavam arriscar e atacar. A Seleção Brasileira fez 1 a 0 aos 28 minutos da etapa inicial. Thaisinha foi derrubada dentro da grande área, e a árbitra marcou penalidade máxima. Marta cobrou com muita categoria no alto esquerdo da goleira chinesa, um chute completamente indefensável.

Seleção Feminina

Logo depois veio o segundo gol, Bia arrancou, atropelando a zaga adversária. Passou por cinco marcadoras e ficou sem a bola. Adriana, que chegava por trás, chutou forte para fazer seu primeiro gol com a camisa Canarinha. Depois do intervalo, a China voltou melhor. Fez dois gols logo em sequência, incendiando a partida e deixando o resultado final em aberto. Apesar de tudo o placar não mudou, e a Seleção Brasileira foi campeã do torneio amistoso!

O torneio não teve transmissão para emissoras e nem para internet, talvez por questões contratuais. A única cobertura foi a da página oficial da CBF, tanto pelo Twitter quanto pelo Site Oficial.  Para Marlana Zanatta, aluna de Jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, o futebol feminino é pouco divulgado: “Vejo as pessoas supervalorizando o futebol masculino, sem dar a devida visibilidade ao feminino, tanto os meios de comunicação quanto os espectadores, é algo que precisa ser mudado.”

Texto por: Vitória Berçot