Pisa mais no estilo!

Ele voltou. Depois de muito ser requisitado, o frio, em São Paulo, está de volta. O que significa que os armários estão sendo revirados: as regatas estão indo para o fundo e os casacos estão sendo pendurados nos primeiros cabides. A mesma coisa está acontecendo com as sapateiras:  rasteirinhas e sandálias estão dando espaço para as botas e sapatos fechados.

A tendência do ano já é o veludo. E ele foi parar nos pés das fashionistas. Sendo incorporado em todos os modelos, o tecido queridinho já dominou as calçadas por ai. Os Oxfords também voltaram com tudo para a estação, acrescidos com cores metalizadas e plataformas, tais calçados também são aposta certa.

 

 

 

 

 

 

 

 

Outra tendência que roubou nossos corações foi o glitter, que também foi parar nos pés da galera. Já não é estranho ver tênis, botas ou sapatilhas mega brilhantes e espalhafatosas. E, falando em tênis, os queridinhos continuarão aquecendo nossos corações – e pés! – nessa temporada. Com a desculpa de ‘conforto sempre!’, as marcas estão apostando em lançar as tendências nos modelos, para que seja confortável ser antenado.

Para a estudante de direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Camilla Gouveia, 23, o conforto é vital na hora de escolher um sapato. “Eu prefiro mil vezes escolher um sapato baixo a uma plataforma gigante”, diz a advogada que não precisa usar salto no escritório, o que, para ela, é um alívio. “Eu comprei dois sapatos metalizados iguais! Um dourado e outro prateado, para poder combinar com tudo!” Camilla diz que tenta sempre estar por dentro das tendências, mas que ainda prioriza o conforto de seus pés.

Já para a jornalista ex-mackenzista Ana Luiza Machado, 26, o maior problema dessas grandes tendências é quando chove. “O veludo estraga, o metalizado marca e o gitter cai”, comentou rindo. Ana prefere o bom e velho tênis allstar, nem adianta vir com vans pro lado dela que ela dá show. “A questão é que eu não tenho paciência para sapatos, calço o mesmo há, pelo menos, dois anos”.

Se o problema é a chuva, nós temos uma solução. Que tal enfiar galochas nos pezinhos em dias de chuva? Brega? Jamais! Foi-se o tempo em que só se saia de galocha se você tinha menos de quinze anos e se ela fosse brilhante ou da linha de produtos de Snady. Atualmente, existe uma quantidade notável de marcas que produzem galochas para serem usadas na composição de looks, como a Sol Nascente, Kesttou e Ana Capri. Já existem galochas dos mais variados tipos, desde pretas e básicas, até modelos camuflados e com spikes.

Texto de Raphaela Bellinati.

 

Isabella Massoud
Apaixonada por semanas de moda. Acredito que na vida, tudo tem uma razão e tempo certo para acontecer.