São Paulo e Corinthians fazem jogo movimentado no Morumbi

A primeira partida da final do Paulistão foi bastante movimentada, com chances para os dois lados. Mas apesar disso, o placar ficou em 0 x 0. Agora a decisão ficou para o próximo domingo, na Arena Corinthians.

Com recorde de público dos campeonatos estaduais no ano, o Estádio do Morumbi lotou, com cerca de 58.ooo torcedores. O São Paulo foi melhor na partida, mas parou no goleiro Cássio que mais uma vez se destacou em uma decisão.

Empurrado pela torcida, o São Paulo saiu mais para o jogo e criou as melhores oportunidades no primeiro tempo. Já no final da primeira etapa, o zagueiro Arboleda ganhou no alto e se não fosse o milagre de Cássio, o placar teria sido aberto.

No intervalo, o técnico Cuca colocou o meia Hernanes no lugar do apagado Carneiro, e com a mudança a equipe são paulina melhorou ainda mais, fez com que o Corinthians recuasse bastante. Percebendo isso, Carille decidiu mudar e colocar o meia Matheus Vital. No final da partida colocou o atacante Vagner Love, que levou perigo a Thiago Volpi.

Apesar da pressão exercida pelo São Paulo, a melhor chance do segundo tempo foi do Corinthians. Após cruzamento, o zagueiro Henrique errou uma cabeçada sozinho dentro da pequena área.

Alguns atletas de ambos os lados deixaram um pouco a desejar, e um deles é o centroavante Gustagol, que teve atuação discreta no Morumbi. Após começo de ano avassalador o atacante acumula 5 partidas sem balançar as redes. Pelo lado do São Paulo o atacante Antony, destaque das semifinais, não apresentou o  futebol esperado, talvez o baixo desempenho se dê ao fato do jovem ter se sentido mal durante a partida.

Por outro lado alguns atletas fizeram um bom jogo Além de Cássio, o atacante Clayson e o zagueiro Manoel também se destacaram, já pelo lado tricolor, o zagueiro Arboleda foi o melhor em campo, e o meia Hernanes fez um ótimo segundo tempo.

Com o empate, a decisão ficou para a partida de volta na Arena Corinthians. A equipe alvinegra tem a vantagem de decidir em casa. Além disso, o retrospecto do Corinthians contra o São Paulo em casa é totalmente favorável, são 10 jogos em Itaquera, sendo 7 vitórias e 3 empates.

O que aumenta as esperanças são paulinas é de que na semifinal o São Paulo também enfrentava um retrospecto ruim jogando contra o Palmeiras no Allianz Parque e mesmo assim saiu vencedor  (nos pênaltis) e se classificou para a final.

Outra vantagem para o lado tricolor, é o fato da equipe ter a semana inteira livre para treinamentos, enquanto o  Corinthians viaja até Chapecó para enfrentar a Chapecoense pela quarta fase da Copa do Brasil.

Mesmo com ligeira vantagem a favor do Corinthians, a decisão segue em aberto, um novo empate leva a partida para os pênaltis e quem vencer se sagra campeão paulista.

Para Viviane França, estudante de Jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, o jogo de volta na Arena Corinthians tende a ser equilibrado como foi o primeiro no Morumbi. “Hoje vimos um confronto equilibrado, e o empate foi favorável para o Corinthians, já que o Sao Paulo poderia ter adquirido uma vantagem para o jogo de volta. Porém, o Tricolor saiu confiante das semifinais, e o Corinthians decide em casa ao lado de sua torcida, está tudo em aberto”.