Rússia 2018: Dia 31

Após vencer a Inglaterra, por 2 a 0, a Bélgica garantiu a terceira colocação do mundial neste sábado. Com gols de Meunier e Hazard, o time belga fez a melhor campanha do país na história do torneio.

 

Bélgica x Inglaterra

Ao contrário do jogo entre essas duas equipes na fase de grupos, em que ambas já estavam classificadas, elas entraram em campo com os jogadores titulares. No entanto, assim como no confronto anterior, o jogo não foi muito movimentado.

Meunier comemora o primeiro gol da equipe

Logo aos quatro minutos de jogo, em um contra-ataque, a seleção belga abriu o placar com Meunier em uma bela assistência de Chadli. Na sequência do duelo, os ingleses buscavam o gol mas não conseguiam criar muitas chances reais e jogadas bem trabalhadas, e por isso acabaram abusando das bolas aéreas.

Contudo, nem com os cruzamentos, o ponto forte da equipe, a Inglaterra achou seu gol. No final do jogo, aos 37 minutos do segundo tempo, em mais um belo contra-ataque, a Bélgica ampliou o marcador com Hazard. Com a vitória por 2 a 0, a badalada geração belga conquistou o melhor resultado do país na competição, superando a quarta colocação de 1986.

 

 

Para mim, aluno da Universidade Presbiteriana Mackenzie, a atual equipe da Inglaterra pode ser considerada a Bélgica de 2014. O time conta com grandes jogadores, mas que ainda são jovens e precisam adquirir mais experiência. Para o mundial de 2022, no Qatar, a seleção inglesa é uma ameaça maior.

Com relação à Bélgica, na minha opinião, o time contou com altos e baixos durante a competição. Capaz de vencer o Brasil nas quartas de final com uma excelente atuação, a equipe belga não conseguiu repetir o feito contra a França, na semifinal, e também já não havia jogado tão bem contra o Japão, nas oitavas de final.

Clique aqui para ler o resumo dos demais dias do mundial.

Palmeirense apaixonado por esportes. É o melhor entretenimento do mundo!