Rússia 2018: Dia 18

No segundo dia das oitavas de final do Mundial da Rússia, as duas partidas foram para as cobranças de pênalti. A seleção anfitriã eliminou a favorita Espanha. Logo em seguida, a Croácia eliminou a Dinamarca.

 

Espanha x Rússia

Na primeira disputa de pênaltis do Mundial da Rússia, a seleção da casa bateu a favorita Espanha e está nas quartas de final do torneio.

Como era esperado, o jogo começou com a Espanha dominando a posse de bola em busca de controlar a partida e pressionar em busca do gol. Porém, foi em uma jogada de bola parada que ocorreu o primeiro gol espanhol. Em uma falta lateral, Sergio Ramos foi agarrado pelo zagueiro Ignashevich, a bola viajou pela área e bateu nas pernas do zagueiro russo e entrou, configurando um gol contra.

Akinfeev defendeu a última cobrança com os pés

Durante o primeiro tempo, a Espanha continuou controlando a partida com a posse de bola. Mas, conforme o jogo foi encaminhando para o intervalo, a Rússia começou a crescer e ter algumas oportunidades de gol. Entre elas, em um escanteio aos 40 minutos, o zagueiro Piqué bateu com a mão na bola, e o pênalti foi marcado. O artilheiro russo Dzyuba converteu a penalidade, empatando a partida.

A segunda etapa foi movimentada, com mais chances para as duas equipes. A Espanha novamente foi melhor, mas parou na boa atuação do goleiro Akinfeev. Com isso, a disputa foi para a prorrogação. Na prorrogação, os dois times conseguiram atacar, mas com cautela, pois não queriam pôr tudo a perder com um contra-ataque adversário. No segundo tempo da prorrogação, houve um lance na área entre o russo Kutepov e o Sergio Ramos, que caiu na área. O árbitro de vídeo foi utilizado para confirmar ao árbitro que nenhuma infração ocorreu.

Persistido o empate na prorrogação, a disputa foi para os pênaltis. Iniesta e Piqué converteram para a Espanha, enquanto Smolov e Ignashevich marcaram para a Rússia. Neste momento, começou a brilhar a estrela de Akinfeev. O goleiro russo defendeu a cobrança de Koke, Golovin confirmou para a Rússia, Sergio Ramos fez pela Espanha e Cheryshev fez para os russos. Precisando marcar para continuar na disputa, o espanhol Iago Aspas parou na bela defesa com os pés de Akinfeev, que classificou a anfitriã Rússia para a primeira quartas de final de sua história.

 

Croácia x Dinamarca

Em Nizhny Novgorod, o jogo começou a todo vapor para Croácia e Dinamarca.  No primeiro minuto de jogo, a Dinamarca bateu o lateral lançando a bola na área croata. Nenhum jogador conseguiu cabecear e a bola sobrou para o zagueiro Jorgensen girar o corpo e bater para abrir o placar. Dois minutos depois, em um ataque da Croácia, a defesa da Dinamarca tentou afastar a bola sem sucesso, que acabou sobrando para o atacante Mário Mandzukic empurrar para as redes e empatar a partida.

Mandzukic ao empatar a partida

O segundo tempo foi movimentado e com alguns chutes de fora da área dos dois lados. Surpreendentemente a seleção dinamarquesa teve uma atuação melhor que a seleção croata, que foi uma das melhores equipes da primeira fase, vencendo todos os jogos e levando apenas um gol. As duas equipes não foram eficazes o suficiente para desempatar e, com isso, o jogo foi para a prorrogação.

Na prorrogação, a Croácia voltou a tomar as rédeas do jogo e a pressionar a Dinamarca, mas as boas jogadas não foram suficientes para marcar o gol classificação. Aos 10 minutos do segundo tempo da prorrogação, o croata Modric enfiou uma bola em profundidade perfeita para Rebic, que driblou o goleiro, mas foi derrubado por Jorgensen, e o pênalti foi marcado. Modric foi para a cobrança, mas parou em boa defesa do goleiro Schmeichel. Persistido o empate, a decisão foi para os pênaltis.

Os goleiros foram os destaques e deram emoção à disputa por pênaltis. Subasic defendeu as cobranças de Eriksen, Schone e Jorgensen, enquanto Schmeichel defendeu as cobranças de Badelj e Pivaric. No último pênalti antes de ir para as cobranças alternadas, o meia Rakitic marcou para selar a classificação da Croácia para as quartas de final.

Com os resultados de hoje, os vencedores Rússia e Croácia se enfrentarão pelas quartas de final no próximo sábado, dia 07/07, às 15h.

 

Para mim, Guilherme Pansonato Neto, aluno do curso de jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, a desclassificação da Espanha foi mais uma queda de favorito nesta competição. O time espanhol tem uma das melhores seleções do mundo, mas pode ter sofrido com a demissão do antigo técnico dois dias antes da estreia. O mérito da zebra também fica para os russos, que conseguiram segurar o empate e levar para os pênaltis.Em relação ao segundo jogo, a Croácia era muito favorita por conta da ótima primeira fase que fez. Só não contava com a boa atuação da equipe dinamarquesa, que vendeu caro a classificação.

Confira o resumo do dia 12, 345, 6 e 7 , 8 , 910, 1112 , 13, 1415 e 17 do mundial.

Não dispenso por nada uma boa resenha sobre esportes. Sou fã de todos eles, mas amo o futebol. Ver uma torcida gritando gol é a minha maior emoção!