Rússia 2018: Dia 12

No início da terceira rodada do Mundial da Rússia, Uruguai bateu a Rússia para se garantir como o primeiro do Grupo A e a Arábia Saudita ganhou do Egito na despedida das duas seleções. No Grupo B houveram dois empates, Irã 1 x 1 Portugal e Espanha 2 x 2 Marrocos, sendo que os dois europeus se classificaram.

 

Texto por Guilherme Pansonato Neto e Rafaela Rossi

 

Grupo A – Uruguai x Rússia:

A terceira rodada do Mundial começou na manhã de hoje, com Uruguai x Rússia. Os dois times, que estavam invictos até o momento, se enfrentaram em busca da classificação em primeiro lugar do Grupo A. Logo aos nove minutos do primeiro tempo, o artilheiro Luis Suárez abriu o placar em uma cobrança de falta rasteira na entrada da grande área. Dez minutos depois, em uma sobra de escanteio, o uruguaio Laxalt chegou batendo e houve desvio em Cheryshev, matando as chances de defesa do goleiro Akinfeev.

A seleção russa tentou uma reação rápida, mas aos 36 minutos do primeiro tempo, o lateral Smolnikov foi expulso após levar dois cartões amarelos. Com um jogador a menos, as chances de reação da Rússia praticamente acabaram. No segundo tempo, o Uruguai teve algumas chances de ampliar o placar que não foram convertidas. Apenas aos 44 minutos, o atacante Edinson Cavani fechou o placar com um chute no rebote de uma defesa do goleiro russo.

Com a vitória de hoje, a seleção uruguaia segue invicta e sem levar gols no Mundial. Com 9 pontos, se classificou em primeiro colocado do Grupo A, e jogará pelas oitavas de final no sábado, às 15h. Por outro lado, a Rússia, que se classificou em segundo lugar do grupo, jogará no domingo, às 11h.

 

Grupo A – Arábia Saudita x Egito:

A Arábia derrotou o Egito por 2 a 1, em uma brilhante virada pela última rodada da fase de grupos do grupo A e acabou terminando em terceiro lugar, deixando o Egito em último. As duas seleções deram adeus ao Mundial da Rússia.

A primeira etapa do jogo foi bem movimentada, aos 22 minutos Salah abriu o placar para o Egito, com um belo gol encobrindo o goleiro. Vinte minutos depois, o juiz marcou pênalti para a Arábia, porém o goleiro que fez história por jogar uma copa com 45 anos, defendeu a cobrança de Al-Muwallad. Com a desvantagem no placar, os árabes buscavam o gol a todo custo e, nos acréscimos do primeiro tempo, o juiz marcou um pênalti duvidoso para os árabes e Al-Faraj fez o gol de empate.

Na segunda etapa, os times voltaram a campo com posturas diferentes, o Egito se mostrava satisfeito com o empate, enquanto a Arábia buscava o gol da vitória. Mas foram 45 minutos menos movimentados, comparado aos primeiros 45 minutos. A emoção do jogo ficou para os acréscimos, quando aos 94 minutos, Al- Dawsari recebeu de Ateef e bateu cruzado, de primeira. A bola bateu na trave e entrou para alegria dos sauditas.

Apesar da eliminação, os árabes tinham muito o que comemorar. O time, acabou com a seca de vitórias em um Mundial, a seleção não vencia desde 1994 e estavam há 14 jogos sem comemorar os 3 pontos. Nesta edição, o Egito terminou em quarto lugar sem somar nenhum ponto, já a Arábia terminou em terceiro lugar com 3 pontos.

 

Grupo B – Irã x Portugal:

Em um jogo com três participações do árbitro de vídeo e duas polêmicas, o Irã conseguiu um empate no final do jogo, mas não conseguiu a classificação. Por outro lado, Portugal está classificado em segundo lugar no Grupo B. O primeiro tempo de partida ocorreu movimentado, com poucas chances de gol e sem polêmicas. O meia atacante português Ricardo Quaresma abriu o placar aos 44 minutos em um belo chute na entrada da área.

Precisando virar a partida para se garantir nas oitavas de final, a seleção iraniana tentou propor o jogo e ir para o ataque, mesmo não sendo sua principal característica. Até que, aos 7 minutos, Cristiano Ronaldo sofreu um pênalti duvidoso, que só foi confirmado posteriormente com a ajuda do árbitro de vídeo e ainda gera dúvidas. A cobrança do astro português foi defendida pelo goleiro Beiranvand, mas os iranianos continuaram reclamando do pênalti e ficaram muito afobados e nervosos no restante do jogo.

A segunda polêmica da partida também ocorreu com Cristiano Ronaldo. O jogador deixou o braço no rosto do iraniano Pouraliganji e o árbitro de vídeo foi solicitado para verificar se o português levaria o cartão vermelho. O árbitro principal optou apenas pelo cartão amarelo.

Até os minutos de acréscimo do segundo tempo, com a vitória, Portugal estava se classificando em primeiro no Grupo B. Porém, o pênalti marcado a favor do Irã, também com a ajuda do VAR, em um lance de mão na bola dentro da área, deu o empate à seleção iraniana e o segundo lugar à Portugal. Com isso, a seleção do Irã se despede do Mundial com uma vitória e um empate, enquanto Portugal jogará pelas oitavas de final contra o Uruguai no sábado, às 15h.

 

Grupo B – Espanha x Marrocos:

Pela terceira rodada do Grupo B, Espanha e Marrocos entraram em campo. Marrocos estava praticamente eliminado e Espanha ainda lutava pela primeira colocação do grupo. O jogo terminou em 2 a 2 e a Espanha acabou se classificando em primeiro lugar e, devido ao resultado de Portugal e Irã, Marrocos foi desclassificado.

No primeiro tempo da partida, o time africano entrou muito mais ligado, já a seleção espanhola, errava muitos passes e por este motivo saiu o gol do Marrocos aos 13 minutos. Após erro de Iniesta e Sergio Ramos, Boutaib rouba a bola, avança sozinho e faz o gol por debaixo das pernas de De Gea. Atrás no placar, os espanhóis reagiram e aos 18 minutos, Iniesta recebe na esquerda, passa pela marcação marroquina e toca para Isco que solta a bomba e faz um golaço, empatando a partida. O jogo continuou movimentado, com muitas faltas e chances de gols, porém foi para o intervalo com tudo igual no placar.

Na segunda etapa, a Espanha voltou mais ligada e achando mais espaços, porém contou com grandes defesas de El- Kajoui e da zaga que, aos 18 minutos, conseguiu tirar uma bola de Isco em cima da linha. Já o Marrocos continuava se defendendo e tentando achar o gol em contra-ataques ou bola parada e assim saiu o segundo gol dos marroquinos, após uma cobrança de escanteio. Novamente em desvantagem no placar, os espanhóis continuaram atacando e tentando o gol de empate a todo custo. Aos 46 minutos, Carvajal cruza na área e Aspas toca de letra para o gol, o bandeirinha sobe a bandeira de impedimento, mas o árbitro pede o auxílio de vídeo e valida o gol espanhol. E o jogo acaba com tudo igual no placar.

Com esse resultado, a Espanha se classifica em primeiro do grupo com 5 pontos e agora enfrenta a Rússia nas oitavas, no domingo às 11h. Já Marrocos fica em último com um ponto e dá adeus a competição.

 

Para Rafaela Rossi, aluna do curso de Jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, os melhores jogos do dia foram os do Grupo B. “Por conta da emoção até o final, eu gostei mais dos jogos da tarde. Mas confesso que esperava mais de Portugal e Espanha. Queria que o Irã tivesse se classificado, mas é muito bom para a competição ter as duas seleções favoritas do grupo classificadas”, disse.

Em relação aos jogos de oitavas de final já definidos entre Uruguai contra Portugal e Rússia contra Espanha, Rafaela opinou sobre quem deve passar de fase. “Acredito que a Espanha ganhe tranquilamente da Rússia, e entre Portugal e Uruguai o duelo é mais difícil, mas o Uruguai vencerá”, completou.

Confira o resumo do dia 12, 345, 6 e 7 , 8 , 910 e 11 do Mundial.

 

Não dispenso por nada uma boa resenha sobre esportes. Sou fã de todos eles, mas amo o futebol. Ver uma torcida gritando gol é a minha maior emoção!