Rússia 2018: Dia 10

Hoje foram disputados mais 3 jogos pela segunda rodada da Copa do Mundo, na Rússia. Às 9h, no horário de Brasília, a Bélgica goleou a Tunísia por 5 a 2. Depois, às 12h, o México derrotou a Coreia por 2 a 1. Por fim, às 15h, com uma virada incrível, a Alemanha venceu a Suécia por 2 a 1.

Grupo G- Belgica x Tunisia

Bélgica atropela a Tunísia e vence por 5 a 2.

Virou passeio… A famosa frase de Galvão Bueno, no 7 a 1, serviu direitinho para o jogo de hoje. Na manhã desse sábado, pela segunda rodada do grupo G, a Bélgica enfrentou a Tunisia e mostrou o porquê seu ataque é tão temido por todos. Golearam os Suíços por 5 a 2 e ficaram mais pertos das oitavas de finais.

O jogo já começou movimentado, os Belgas partiram para o ataque desde o primeiro minuto e aos 5 minutos do primeiro tempo, Hazard foi derrubado em cima da linha e depois de muita dúvida se foi ou não dentro da área, o juiz deu o pênalti. O próprio Hazard bateu o pênalti e a Bélgica abriu o placar com apenas cinco minutos de jogo. Os Belgas continuaram atacando e dez minutos depois, Lukaku recebe de Mertens e chuta cruzado, fazendo o segundo gol da partida. Perdendo por 2 a 0, os tunisianos acordaram no jogo e aos 17 minutos, Bronn descontou de cabeça e em um lance perigoso, Khazri quase fez o gol de empate, porém Courtois fez uma bela defesa. Mas a Bélgica mostrou ser decisiva e após uma falha da defesa da Tunísia, Lukaku recebeu de Meunier e fez o segundo dele e o 3 dos belgas no jogo.

Após o intervalo, a Túnisia voltou ligada e mais ofensiva, porém abriu a defesa e se complicou. De Bruyne deu ótimo lançamento para Hazard que aproveitou o espaço deixado pelos tunisianos, dominou no peito, driblou o goleiro e aumentou o placar. Com vantagem, o técnico belga, tirou Hazard e Lukaku para colocar Batshuayi e Fellaini respectivamente. Com o jogo completamente dominado, os belgas queriam mais, Batshuayi teve grandes chances, mas parou no travessão, no goleiro Bem Mustapha e no zagueiro Meriah que tirou em cima da linha e só 44 do segundo tempo, ele conseguiu marcar o dele. A equipe da Tunisia lutou até o final e aos 47 do segundo tempo, Khazri marcou o dele, deixando o jogo em 5 a 2 para os belgas.

Com mais uma vitória, a Bélgica chega a seis pontos e torce por um empate ou uma vitória da Inglaterra contra o Panamá, para se classificar com uma rodada de antecipação. Já a Tunisia se complicou ainda mais e segue sem somar nenhum ponto.

Grupo F- Coreia do Sul x México

México vence mais uma e fica mais perto das oitavas.

Após uma brilhante atuação e vitória contra os atuais campeões do mundo, o time mexicano entrou em campo, em Rostov, pela segunda rodada contra a Coreia e não decepcionou. O time de Juan Carlos Osório, ex técnico do São Paulo, não enfrentou muitas dificuldades no jogo e venceu por 2 a 1, com gols de Vela e Chichiarito, para os Coreanos, Son marcou no fim da partida.

Os mexicanos dominaram o jogo e pressionaram os coreanos até Vela abrir o placar na cobrança de pênalti. Depois, fizeram com que os Coreanos atacassem, deixando espaço na defesa adversária, jogando no contra-ataque e ampliando o placar com Chichiarito e vendo Son descontar no finzinho da partida. Com mais uma atuação eficiente, os mexicanos quase não sofreram pressão da Coreia no jogo.

Com essa vitória, os mexicanos estão praticamente classificados, enquanto a Coreia depende da vitória da Alemanha para ainda ter chances de se classificar.

Grupo F- Alemanha e Suécia

Em uma vitória histórica, Alemanha vence a Suécia.

Pressionada, a Alemanha consegue uma virada histórica e se mantem viva no grupo F. Em um jogo que teve de tudo, expulsão, virada, gol, no último minuto, os alemães bateram a Suécia por 2 a 1.

O jogo começou quente, Suécia vinha de uma vitória e a Alemanha vinha de uma derrota para o México e precisava ganhar a todo custo para poder respirar na classificação do grupo F. No primeiro tempo, o jogo já começou pegado, ataque de todos os lados, os goleiros fazendo ótimas defesas e a Alemanha ditando como queria que fosse o jogo. Para quem viu os primeiros 5 minutos, até parecia que o caminho dos alemães seria fácil, mas a última coisa que os alemães tiveram nesse jogo, foi facilidade… Ainda no primeiros tempo, o volante Rudy levou um chute involuntário de Toivonen e precisou ser atendido, foram 6 minutos de atendimento fora do campo para os médicos pedirem sua substituição, porém durantes esses 6 minutos, a Suécia cresceu no jogo e pressionou os Alemães e achou o gol com Toivonen, após um erro de passe de Toni Kross que eliminaria a Alemanha precocemente da Copa do Mundo.

Perdendo por 1 a 0, a Alemanha foi para o intervalo eliminada da Copa do Mundo, pressionados, eles voltaram dispostos a mudar o rumo do jogo e logo aos dois minutos do primeiro tempo, Marco Reus fez o gol de empate, após assistência de Mario Gomez que entrou depois do intervalo. Com o jogo empatado, os alemães não descansaram, queriam a vitória e os suecos também, por isso foram 47 minutos de jogo disputados, com grandes defesas de Nuer e principalmente de Oslen que foi gigante em diversos lances. Aos 36 minutos, Boateng que ja tinha amarelo, foi expulso, mais um drama para Alemanha que com esse empate continuava complicada no grupo. Os minutos finais forma dramáticos. Aos 42, Oslen fez uma incrível defesa em um chute de Mario Gomez, aos 46, Brandt acertou uma bomba na trave. A Alemanha tentava de todos os jeitos, mas a bola não entrava, mas nunca duvide dos campeões do mundo, quando o jogo parecia terminar empatado, Kross acertou um belíssimo chute de falta em dois toques, marcando um gol salvador e vencendo a partida de virada.  E a emoção tomou conta de Sochi.

Confira o resumo do dia 12, 345, 6 e 7 , 8 e 9 do mundial.

Para Gustavo Iglesias, estudante de jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, “No primeiro jogo do dia aconteceu o que a maioria dos torcedores esperavam, uma vitória tranquila da Bélgica. Depois, o México fez sua lição de casa e encaminhou a classificação às oitavas de final. Por fim, nunca duvide da Alemanha. Mais uma vez os alemães começaram atrás do placar, mas hoje eles conseguiram virar o jogo e se manter vivo no grupo. Acredito que agora eles se classifiquem, porque é só ganhar da Coreia do Sul, o adversário mais fraco que ainda não somou pontos”.