Referências no mundo da moda

Na última quarta-feira (27), durante o XII Encontro de Comunicação e Letras, a palestra com o tema “Jornalismo de Moda” recebeu três profissionais da área para compartilhar algumas de suas experiências com os alunos.

A editora sênior da Glamour Brasil, a editora de moda da VIP e a representante da área de assessoria da F*hits foram as palestrantes e juntas dividiram algumas referências que as inspiraram durante suas trajetórias.

Um livro, dois documentários e um blog foram o que lembraram no momento, mas disseram que as referências são muito importantes no mundo da moda e que estão presente em diversos lugares, basta prestarmos atenção. Completaram dizendo que para trabalhar na área é preciso gostar do assunto e estar sempre pesquisando, estudando e aprendendo.

Se assim como eu você deseja se aprofundar no assunto, que tal começar com as dicas que as elas passaram? Tenho certeza que vão acrescentar muito!

História da Moda -Uma narrativa, de João Braga

De acordo com o portal Couro Moda, é um dos livros didáticos mais indicados no Brasil e sua primeira edição foi lançado em 2004 para atender a necessidade do mundo acadêmico de moda. João Braga é especialista em História da Indumentária e da Moda pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, em História da Arte pela FAAP e em “Histoire du Costume” pela ESMOD (Paris), autor de 11 livros na área de Moda (sendo 4 deles em coautoria) e atua também como articulista em jornais, revistas, sites e blogs.

The true cost, de Andrew Morgan

O documentário questiona nossos hábitos de consumo e as condições de trabalho na cadeia da moda. Segundo o Blog Trocaria, ele cria uma perspectiva completamente diferente do que conhecemos, e não só expõe o lado crítico, como também mostra iniciativas que estão tentando revolucionar a indústria da moda.

Casablancas – O homem que amava as mulheres, de Hubert Woroniecki

De acordo com o portal de notícias O Globo, o documentário retrata a vida e o trabalho de Jhon Casablancas, que fundou a agência Elite Model e que descobriu nomes como Naomi Campbell, Linda Evangelista e Gisele Bündchen.

Man Repeller, de Leandra Medine

Segundo o portal Glamurama, a autora do blog ficou famosa por ir na contramão usando looks extravagantes e que “espantam homem”. O blog computa mais de 5 milhões de acessos por mês, em 2012 Medine figurou no ranking da Forbes como uma das “Top 30 Under 30” e seu blog foi reconhecido pela Time como um dos 25 melhores de 2012, de acordo com o site da Revista Vogue.

Texto por Lívia Rosa