Minha vida é aqui

Nascido em Boston, Estados Unidos, Raphael Silveira Moreno tem 19 anos e estuda Engenharia de Produção. Morou fora durante 12 anos de sua vida e hoje, com quase 8 anos de brasileiro, se mostra feliz e sem sotaque. “Nos primeiros anos foi bastante complicado, mas depois eu consegui me adaptar. Consegui me acostumar, consegui me aperfeiçoar na língua portuguesa.”

Segundo o mackenzista, além de toda a dificuldade com a língua portuguesa e com a nova cultura, ele diz que sofreu muito bullying durante a época de escola. “A galera via que era um estrangeiro, criança, eles gostavam de zoar. Sofri muito. Foram dois anos direto.”

Felizmente isso tudo foi só uma fase e Raphael, com toda a sua determinação e empenho, conseguiu sair dessa e ainda tirar disso um enorme aprendizado e amadurecimento. “A gente consegue amadurecer devido as dificuldades que a gente tem no nosso dia a dia.” 

Aqui na universidade, Moreno diz que se sente confortável e abraçado por todos, desde a recepção até hoje como veterano. Para ele a recepção foi o momento mackenzista mais marcante. “A coisa que eu mais gostei aqui no Mackenzie foi justamente a recepção. Eu consegui me enturmar com muita gente, consegui fazer muita amizade. As lembranças que eu tenho da recepção são bem boas.”

Quando questionado sobre uma possível volta para os Estados Unidos, Rapha nos conta que gostaria muito de voltar, “Eu tô 8 anos longe de lá. Nunca voltei, mas eu tenho vontade de ir lá.” Porém não acha que agora seja a melhor ocasião para ir. Moreno está vivendo e aproveitando essa sua nova fase, com muita alegria. “No momento a minha vida é aqui, meus amigos são daqui, minha história tá sendo aqui.”

Escrito por Douglas Unchida

Foto por Douglas Unchida