Quando a lei tira ferias

Crianças não podem dirigir. A legislação diz que é preciso ser maior de dezoito anos e possuir carteira de motorista para conduzir qualquer veiculo motorizado. Porém, as ferias parecem ser uma época de exceção para isso. Crianças podem pilotar mini carros, quadriciclos, bicicletas elétricas e outros veículos motorizados não convencionais.
Foi o que fiz aos onze anos. Estava tirando ferias com a família na cidade de Lindóia. Lá encontramos um lugar que fazia aluguel de quadriciclos. Quando eu digo quadriciclos, não confunda com um brinquedo. Era uma moto, uma moto com quatro rodas.
No entanto, ninguém considerou que isso poderia ser um perigo. Pegamos a moto e seguimos pela trilha. Tudo correu bem no inicio, pois eu estava cautelosa. Foi quando me disseram que eu estava muito devagar e resolvi acelerar. Porém, eu decidi isso justo quando uma decida apareceu no caminho.
Você já deve imaginar o que ocorreu. Perdi o controle, e a moto ficou presa sobre a abertura de um buraco. Haviam muitos buracos naquela estrada, eu havia desviado com maestria de todos. Menos do maior deles, que estava na outra extremidade da estrada. Buraco em que eu e meu primo, mais novo, de sete anos caímos.
Aquilo era um veiculo muito potente para se deixar alguém sem nenhuma noção de direção pilotar. Mas nas ferias isso é ignorado. Demos sorte e deu tudo certo. Mas, caro leitor, pare de usar as ferias como desculpa.
Hoje, com minha carteira de motorista e meus dezoito anos, eu não dirijo muito melhor do que naquela época, mas pelo menos aprendi algo.  Porém, ainda é algo difícil para mim. Há uma hora certa para acelerar e uma para frear.

 

Fotografia por Guilherme Rossi