Emille

Portfólio Emille Yoshie Sasaki – Desenhos

A artista entrevistada, Emille Yoshie Sasaki, 20 anos, está no 4º semestre de Design e participa da Empresa Júnior de Design Mackenzie. Com um ar de mistério, Emille justifica a escolha de preferir que seu próprio desenho a represente: “Porque gosto muito de desenhar animais, apesar deles serem díficeis pra caramba, e voar é incrível. Pela aquarela também, que é a técnica que mais gostei de pintura.” Agora chega de mistérios e vamos à revelação, onde você verá suas incríveis produções e conhecerá um pouquinho de Emille!

Para você, o que é arte?

 “Essa é uma pergunta que ainda não encontrei a resposta, talvez porque não tenha uma mesmo. Mas posso afirmar que é uma forma de expressão. Mostrar para o mundo de forma direta ou indireta a época em que se vive, os sentimentos que sente, a compreensão ou confusão do que acontece tanto internamente, quanto externamente.  Arte é mercadoria, arte é sentimento, arte é processo, arte é humor, arte é desenho, arte é composição, arte não tem limites, arte pode ser tudo isso, ou não. É uma daquelas palavras que apesar de existir no dicionário, é mutante, nunca vai ter , para mim, uma definição.”

sapo

O que te inspira?

 “Ver e perceber o trabalho dos outros, saber que tem muito a aprender e produzir. E claro, uma boa história.”

mononoke

Quais são seus hobbies?

“Nada além do esperado: desenhar, ver filmes e jogar video games. E passar um bom tempo vendo referências no Pinterest.”

kubo

E o que levou você começar a fazer arte?

“A vontade de criar. Mas também devo muito mais às minhas irmãs, que desenhavam bastante e acabaram me influenciando.”

eve

Que tipo de material você usa para fazer a sua arte?

“Antes de entrar no Mackenzie, costumava fazer muitas artes digitais com Photoshop e vetoriais com Illustrator. Mas no curso design, me identifiquei com a arte tradicional. Por enquanto, estou focando nos trabalhos em aquarela e nanquim. O nanquim sempre me chamou muito a atenção, pelos trabalhos em preto e branco (talvez por causa dos mangás), mas só comecei a usar com pincéis nesse inktober, porque antes usava aquelas canetas técnicas.”

sapos

O que sente quando desenha?

“Enquanto estou com o lápis no papel eu não sei dizer o que sinto, pois me concentro bastante. Quando termino qualquer ilustração, ou sketch, sinto muita satisfação e vontade de fazer mais. Sempre que começo a me sentir triste, ou incapaz, o desenho me ajuda. Mas tenho muito daqueles dias sem inspiração.”

wall-e

Tem algum recado para os mackenzistas, relacionado à arte?

“Vou dizer a frase que me move: Tudo é possível com paciência e treino.”