Por que estudar na Tailândia?

  Em virtude de suas belezas naturais e sua excentricidade, a Tailândia é um dos destinos mais requisitados entre turistas e mochileiros interessados em aventura e aprendizado. Por lá é possível encontrar cidades caóticas, templos milenares, campos de arroz e um dos mais belos litorais do mundo. Conheça agora 10 motivos para se aventurar pelo sudeste asiático:

1. Paraísos Naturais

  A excentricidade tailandesa se dá tanto por suas belezas naturais quanto por suas atividades. No país é possível fazer compras a bordo de canoas em mercados flutuantes, visitar templos com mais de mil anos de existência e tomar banho com elefantes – tudo isso meio à um cenário de tirar o fôlego! A Tailândia é composta majoritariamente por ilhas e arquipélagos – concentrando as praias mais bonitas do mundo, como: May Bay localizada na ilha de Phi Phi Lee, Huan Him no Golfo de Siam, próximo a Bangkok, Phra Nang e Railay situadas na Província de Krabi e Patong Beach.

Pequena cachoeira tailandesa.

2. Riqueza Cultural

  Esta cultura asiática abrange costumes que se diferem profundamente de nossos hábitos ocidentais, por lá se costuma comer de garfo e colher, sendo o primeiro usado apenas para colocar a comida no outro talher sem ser levado à boca;  retirar os sapatos antes de adentrar os lugares, uma vez que, os pés são considerados impuros; homens e mulheres não se tocarem já que demonstrações públicas de afeto são consideradas uma ofensa, ou ainda, realizar tarefas apenas com a mão direita visto que a esquerda se destina à higiene íntima.

Além dos hábitos exóticos, os rituais e festivais típicos também compõe o repertório cultural tailândes.  É o caso do Festival Vegetariano, uma celebração anual realizada na Ilha de Phuket,  em prol do vegetarianismo que prega a punição física como forma de purificação e como meio de livrar a comunidade de transgressões ou do Loi Krathong, ou ainda, festa das luzes que costuma ocorrer durante o mês de novembro e homenageia a mãe das águas, Khongkha, com o lançamento de centenas de balões feitos de papel de arroz como se fossem lanternas.

Festa das Luzes em homenagem à Khongkha.
Dançarinas típicas conhecidas como Dakini ou Samsara.

3. Museu a céu aberto

  A Cidade Antiga, também conhecida como Muang Boran, no sul de Bangkok, é considerada o maior museu a céu aberto do mundo. É uma ótima oportunidade de conhecer melhor a história da Tailândia através de mais 100 cópias de monumentos famosos distribuídos em mais de 200 hectares. Além de que a própria beleza natural e os costumes se tornam uma atração e fonte de informação.

original-1357746221035
Muang Boran, no sul de Bangkok.

4. Povo mais feliz do mundo 😀

  A Tailândia é conhecida como a terra dos sorrisos e ainda que a comunicação entre nativos e turistas seja prejudicada pela dificuldade do idioma, o sorriso dos tailandeses é predominante em qualquer situação ou forma de contato. Inclusive, é por isso que são considerados um povo muito hospitaleiro e gentil.

 

5. Peace-Love-&-Relax

  A religião do país é o budismo, mais especificamente, o Theravada, e para suprir a demanda popular foram construídos cerca de 18 mil templos ao redor da Tailândia. Por lá predomina a prosperidade em função do comprometimento dos budistas com a paz e a missão de se atingir o nirvana (Não, não estou falando daquela banda grunge dos anos 90, mas sim do mais elevado nível espiritual que um ser humano pode atingir).

Yoda alertando quanto ao clima de paz que paira pelos ares tailandêses.

6. Meios de transporte inusitados

  Automóveis, motocicletas e pedestres disputam espaço meio à um trânsito caótico e é por isso, que existem alternativas como os Tuktuks que são moto-táxis que levam passageiros aos seus destinos por cerca de R$1,50, skytrains que nada mais são do que um metrô na superfície terrestre ou até mesmo táxis aquáticos. É possível ainda realizar um passeio de balão em Chiang Mai, localizada entre as montanhas mais altas do país, a 700km de Bangcoc.

#LifeWithNoRoads

7. BANGKOK

  Bangkok é a capital da Tailândia e a segunda cidade mais visitada no mundo! É uma amostra de tudo que existe no país e por ser uma metrópole gigante tem similaridades com cidades do ocidente, além disso, é bastante liberal se a compararmos com outras metrópoles da Ásia, sendo que o respeito à diversidade sexual é algo muito sério – as pessoas são respeitadas independente de sua orientação.

bangkok

8. Animais Selvagens

  Muitos ambientes da Tailândia são divididos entre homens e animais silvestres, como ocorre no Templo dos Tigres em que turistas podem abraças e fotografar os felinos, ou o caso do Zoológico de Maesa Elephant Camp, em Chiang Mai, em que elefantes realizam massagens nos visitantes. Há também os famosos passeios sob elefantes que são principalmente realizados na capital do país.

9. Culinária Exótica

  A comida tailandesa é muito picante e temperada, além de ser bastante rica em aromas e cores – no horário do almoço andando pelas ruas é possível presenciar uma infinidade de cheiros e combinações que vão desde espetos de animais até insetos fritos.

É muito comum o uso de insetos e animais exóticos na culinária thai.

10. Aprender Inglês ou Estudar em uma universidade

  Por ser raro o interesse de estudantes brasileiros por este destino como intercâmbio de estudos, o processo para a concessão de bolsas por muitas universidades tailandesas é bastante fácil e rápido. Além disso, há a possibilidade de se realizar um curso de idiomas para aprimorar o inglês. Contradizendo o pensamento comum, a Tailândia oferece cursos na língua inglesa, como é o caso do Instituto de Estudos Internacionais da Ramkhamhaeng University (IIS-RU) cuja maioria dos programas de estudos são ensinados em inglês por mais de 100 professores provenientes de conhecidas universidades dos Estados Unidos, Canadá e Europa.

É isso! Além de ser um dos destinos turísticos mais belos do mundo, a Tailândia também é fonte de conhecimento e aprendizado, tanto por sua rica cultura local quanto pelas oportunidades de estudo. Continue acompanhando as postagens da internacional e fique atento às opções de estudos na Ásia que nós apresentaremos 😉