Pedro Trevizani

Perfil de: Pedro Trevizani

“Trabalhar eu acho que é a melhor coisa para o ser humano. Você não pode ficar parado nunca” . É assim que Pedro Trevizani, 21 anos, define a nova fase que está vivendo. Divertido e sorridente, Pedro diz gostar muito de ser apontado como carismático e acredita que esse é seu grande diferencial.

Hoje, apesar de gostar muito de trabalhar no Starbucks do Mackenzie, afirma que as coisas nem sempre foram desta forma. Quando perguntado sobre sua experiência de trabalho na universidade, ele confessa que não gostou da ideia no primeiro momento: “Eu achava que era só playboyzada e patricinha chata. Até quando me falaram que era pro Mackenzie eu fiquei ‘ai meu Deus, que droga!’”. Feliz em trabalhar todos os dias com um público jovem, ele se redime : “Não se pode julgar um livro pela capa”.

Natural de Santos e morando na capital desde os 2 anos de idade, Pedro se divide entre dois planos para o futuro: cursar comunicação social e voltar para a praia um dia.

“Eu vou ser caiçara ainda”

Escrito por: Maria Clara Lucci

Foto de: Matheus Negrão