O lado fashion do Oscar

No último domingo (24), aconteceu a cerimônia mais badalada de Hollywood: a 91ª celebração do Oscar. Os olhos do mundo todo estavam voltados para o evento, que além de homenagear os trabalhos da indústria cinematográfica, une looks luxuosos e as últimas tendências do mundo fashion.

Confiram abaixo alguns dos artistas que roubaram os holofotes ao passarem pelo tapete vermelho mais esperado do ano!

Lady Gaga (Foto: Getty Images)

Lady Gaga

Lady Gaga, estrela mais esperada da noite, usou um vestido da grife Alexander McQueen inspirado em Audrey Hepburn, a eterna “Bonequinha de Luxo.” Mas o que definitivamente roubou a atenção em seu look foi seu colar: um diamante de 128 quilates da Tiffany & Co. de aproximadamente R$ 113 milhões. A joia foi usada anteriormente somente uma vez, em 1962 por Hepburn.

Charlize Theron (Foto: Getty Images)

 

Charlize Theron

Charlize Theron optou por um look minimalista em azul claro da Dior, abusando de joias e de um decote nas costas.

 

 

 

 

 

Emma Stone (Foto: Getty Images)

Emma Stone

Em um vestido Louis Vuitton, Emma Stone surgiu com textura remetendo à escamas no tapete vermelho do Oscar

 

 

Kacey Musgraves (Foto: Getty Images)

Kacey Musgraves

A cantora country Kacey Musgraves optou por um Giambatistta Valli para a cerimônia. Reforçando a onda rosa, dos tules e babados, deixando um ar romântico e oitentista.

 

 

 

 

 

Kiki Layne (Foto: Getty Images)

Kiki Layne

A atriz Kiki Layne foi mais uma que se rendeu a febre do rosa – provando que a tendência é usar e abusar do tom.

 

 

Jennifer Lopez (Foto: Getty Images)

Jennifer Lopez

O vestido prateado usado por JLo é da grife Tom Ford e mostra mais uma tendência da temporada!

 

 

 

 

 

Regina King (Foto: Getty Images)

Regina King

Em um vestido super fresh (mas que ao mesmo tempo esbanja um ar mais ousado), Regina King apareceu com um Oscar de La Renta branco, sem qualquer tipo de renda ou brilho, e escarpins Christian Louboutin, também brancos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E o Oscar vai para… Pantera Negra 

De 1948, ano em que o Oscar foi criado, até 1967, a categoria de Melhor Figurino era divida em duas: Melhor Figurino Preto e Branco e Melhor Figurino Colorido.

Nesta edição do Oscar, Ruth E. Carter alcançou um feito histórico: se tornou a 1ª pessoa negra a ganhar a categoria pelo seu trabalho em “Pantera Negra.”

 

Ruth E. Carter recebe o Oscar de Melhor Figurino. (Foto: Associated Press)

‘Marvel criou o primeiro super-herói negro, mas com o nosso figurino o transformamos em um rei africano,’ disse Carter em seu discurso de vitória.

O professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Fernando Salinas arrisca dizer: “Se não houvesse um trabalho tão grande em cima do figurino de Pantera Negra, provavelmente ele não teria ganho todo o prestígio que recebeu”.

Ele explica que geralmente ganham nessa categoria figurinos muito complexos e detalhistas, como por exemplo filmes de época, e neste ano os jurados seguiram o mesmo padrão de vencedor, a figurinista Ruth E. Carter utilizou de muitas referências específicas africanas para criar os trajes dos seus personagens. O filme da Marvel concorria com The Ballad of Buster Scruggs, A Favorita, O Retorno de Mary Poppins e Duas Rainhas e era considerado o “azarão” por se tratar de um filme de fantasia – o Oscar tinha, até então, a tradição de premiar nesta categoria filmes de época.

Além disso ele ressalta como o figurino pode influenciar na compreensão e na trajetória de todo o filme e cita: “O filme dá indícios de como deve ser o figurino e por muitas vezes esses detalhes estão contidos no próprio roteiro pois o figurino geralmente vai se encaixar em todo o processo do filme”.

 

Texto por: Mayara Soares e Zeinab Bazzi

 Acesse: O poder do preto no Met Gala