Noite Mágica no Lolla

Na noite deste sábado, dia 24, a maior expectativa de quem estava no Lolla era para ver as bandas americanas: Imagine Dragons e Pearl Jam. Ainda merecem destaque o show animado de Mano Brown e do conjunto O Terno.

Com horário apertado, era preciso escolher entre assistir Imagine Dragons ou um bom lugar para assistir o show do Pearl. Optei pela segunda opção e não me arrependo, considerando as críticas que fizeram ao show dos americanos. O principal motivo foi a falta de capacidade do palco Onix para receber tantos espectadores.

Autor: Lugnuts

Tive a oportunidade de ver ao vivo o grupo liderado por Eddie Vedder, uma das maiores vozes dos anos 90. A banda misturou hits antigos, tais como Black, Better Man, Do The Evolution, Even Flow, Alive, Yellow Ledbetter e Jeremy, com novas canções, como Can’t Deny Me (lançada nessa semana).

Para deixar o show ainda mais completo, o grupo tocou sucessos de outras bandas. Prestaram homenagem a Roger Waters ao tocar Confortably Numb e ao The Who, tocando Baba O’Riley.

Outro destaque foi o discurso político, que é a marca registrada de Eddie Vedder. O vocalista do Pearl Jam declarou : “Se alguém quiser sentir-se poderoso, não precisa de uma arma automática, é só pegar uma guitarra e um amplificador.” Ainda elogiou a marcha ocorrida ontem em Whashington, que pedia maior controle na venda de armas nos EUA.

Um dos momentos mais bonitos, foi o coro da plateia durante o hit “Black”, que deixou o grupo fascinado.

Os membros do banda aparentavam muita alegria, dando a impressão de que não queriam sair do palco. Perto do final do show, Vedder confessou: ” Se isso fosse surf, com certeza seria uma das melhores ondas.”