Finais NBA – 2018

Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers estão classificados para a quarta final de NBA consecutiva. Nos últimos três anos, os Warriors venceram duas vezes, enquanto o time de Cleveland venceu uma. As finais deste ano começam nesta quinta-feira, dia 31 de maio.

Quem acompanhou a temporada regular da NBA não apostou que, mais uma vez, o Cleveland Cavaliers chegaria a uma final. Durante os 82 jogos o Cleveland passou por momentos tensos de irregularidade e especulação da saída de seu técnico Tyronn Lue. Terminou em quarto lugar na classificação da Conferência Leste, dependendo cada vez mais de seu astro LeBron James.

No Round 1 dos Playoffs, os Cavs despacharam o Indiana Pacers apenas no jogo 7, com partidas muito acirradas decididas no final do último quarto. LeBron James carregou o time para a semifinal da conferência com um aproveitamento espetacular de 34 pontos por jogo. Na semifinal o Cleveland encarou o Toronto Raptors, líder da Conferência Leste na temporada regular e um dos favoritos a chegar à final da NBA. Porém, LeBron James pontuando novamente 34 pontos por jogo e Kevin Love conseguindo muitos rebotes garantiram os Cavs na final da conferência com um placar de 4 a 0.

A final da Conferência Leste foi diferente. Kevin Love, que estava jogando muito bem os playoffs, se lesionou e deixou o King James carregando sozinho o time de Cleveland. Os times garantiram a vitória em suas quadras e levaram a disputa para o jogo 7, realizado em Boston. Neste jogo, o Cleveland Cavaliers quebrou o mando de quadra e se classificou para a final.

Na Conferência Oeste, o Golden State Warriors garantiu a vaga nos playoffs com o segundo lugar na classificação, apenas atrás da campanha histórica do Houston Rockets. O time continua com o seu elenco recheado de craques como Kevin Durant, Stephen Curry, Draymond Green e Klay Thompson, o que o torna o melhor elenco de toda a NBA.

Nos playoffs, despachou o Santo Antonio Spurs e o New Orleans Pelicans por 4 a 1 comandado por Kevin Durant com certa facilidade e garantiu vaga na final Conferência Oeste justamente contra o Houston Rockets.

A final da Conferência ficou marcada, principalmente, pelos terceiros quartos arrasadores dos Warriors. Quando volta do intervalo, o time volta com tudo para tirar a diferença e conseguir abrir um número de pontos considerável para administrar no último quarto da partida. Foi assim em 6 dos 7 jogos da final. No jogo 7, que garantiu o Golden State na final da NBA, o time estava perdendo por 54 a 43 no intervalo, quando no terceiro quarto fez incríveis 33 a 15, passou a frente do placar e controlou o jogo até o final.

Matheus Braga, aluno do curso de jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, confessa que está torcendo para o Cleveland, mas admite o favoritismo do Golden State Warriors. “Nunca se pode duvidar do papai LeBron, mas o Golden State é favorito por ter um elenco melhor, um número maior de jogadores que podem definir”, disse.

Quando perguntado sobre os sete jogos da final, Matheus acha que a disputa pode acabar antes. “Pode chegar até o jogo 7 porque os dois times jogam bem em casa, mas acho que o Golden State se mostrou muito bem como visitante contra o Houston, e isso pode fazer diferença para eles vencerem fora de casa” completou.

 

Confira a tabela completa da final da NBA:

Jogo 1 – 31/05 – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers
Jogo 2 – 03/06 – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers
Jogo 3 – 06/06 – Cleveland Cavaliers x Golden State Warriors
Jogo 4 – 08/06 – Cleveland Cavaliers x Golden State Warriors
Jogo 5 – 11/06 – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers (se necessário)
Jogo 6 – 14/06 – Cleveland Cavaliers x Golden State Warriors (se necessário)
Jogo 7 – 17/06 – Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers (se necessário)

Não dispenso por nada uma boa resenha sobre esportes. Sou fã de todos eles, mas amo o futebol. Ver uma torcida gritando gol é a minha maior emoção!