Nas Folhas

Nas Folhas

E me dói te ver assim distante
Dissonante
Como uma melodia sem par
Um tango argentino

Mas não posso ficar e te ver
Diferente de tudo que eu já sonhei
Pois você é você e não pode ser
Nada do que me lembro em minhas memórias

Mesmo que ainda esteja aqui
Seu sorriso amarelo
É um quebra-cabeça mal encaixado
Suas linhas são quadradas

E minhas poesias não chegam mais a seus ouvidos
Minha companhia não pertence mais a seu destino
Nas folhas, seus pés flutuam
E vagam ao nada, que é seu caminho

b20nature021
Foto: imageafter