MARCELA

Existem três coisas no mundo que são admiráveis: Pessoas que não desistem por qualquer coisa, pessoas que são pacientes e pessoas que sorriem com os olhos. Marcela tem sorte, ela sabe fazer os três muito bem. Menina de poucas palavras e muitas ideias, nunca negou sua paixão por livros e pães de queijo.

Mas, apesar de amar leitura de palavras, o que ela gosta mesmo é de ler gente. Sempre tenta entender como as pessoas se sentem ou pensam. Sempre tenta se colocar no lugar delas. Ela gosta de gente. Gente de todos os tipos, tamanhos e cores. Gosta também de fazer castelinhos de cartas e assistir ao pôr do sol. Gosta de sorvete de creme e filmes com final clichê. Gosta de pegar estrada com o vidro do carro aberto ao som de Norah Jones. Gosta de fotografia e macarrão.

Sua família? Pouco se sabe sobre ela. Três irmãos e uma Irma. Todos mais novos. Uma mãe e nenhum pai. Todos se dão bem, exceto quando alguém come todo o chocolate da dispensa.

Nunca surgiram muitas dúvidas sobre o porquê Marcela queria se tornar uma jornalista. Na verdade, poucas pessoas têm o perfil de uma jornalista como ela.

Por incrível que pareça, Marcela não é boa em fazer novas amizades. Sempre disseram que ela tem medo de se machucar. Mesmo assim, a futura Lois Lane, é ótima em manter suas antigas amizades. Principalmente se esses curtem Norah Jones e pães de queijo.