A maior biblioteca pública de SP perto do Mack

A biblioteca Mario de Andrade é a segunda maior biblioteca pública do Brasil. E fica apenas a quinze minutos da Universidade.

Fundada em 1925, a biblioteca conta com cerca de 53 mil livros em seu acervo. Estes contemplam ciência humanas, artes, literatura (nacional e estrangeira), além de outros gêneros, como esportes, saúde, exatas e etc.

                                                                                                  Acervo e área de circulação

O nome da biblioteca é uma homenagem ao grande escritor modernista Mario Raul de Morais de Andrade, que também foi diretor do Departamento de Cultura da Municipalidade Paulistana. Nos anos 30, o seu departamento propôs uma biblioteca para guardar a história cultural de São Paulo e do Brasil. Assim, em 1960, foi realizado a homenagem nomeando a biblioteca com seu nome.

Em 1942, quando seu diretor era Rubens Borba de Moraes um novo edifício foi projetado no local para representar a biblioteca estadual de São Paulo. Sua arquitetura é um marco do modernismo em São Paulo, projetada pelo francês Jacques Pilon.

Na década passada, entre 2007 a 2010, a biblioteca passou por uma reforma possibilitando o aumento em seu acervo e a quantidade circulante de pessoas, que passaram para mais de 700 usuários.

A “Mario de Andrade” contém com uma biblioteca digital, na qual é possível ver exposições, obras, fotografias e até livros online. No acervo digital, o usuário pode ver as obras e descrições da mesma. A BMA denomina o acervo digital de tesouros da “Mário”.

Biblioteca Digital – Tesouros da “Mário”

 

Em novembro, a biblioteca contará com exposições todos os dias, sobre Arte Sacra XVII-XXI, Bienal de Arquitetura e Poema/ Processo. E outras em dias específicos como: apresentações de teatros, filmes e música, além de lançamentos de livros e palestras.

A biblioteca se localiza na Rua Consolação, 94. Funciona de segunda a sexta das 8 horas até às 22 horas, e nos fins de semana até as 20 horas.