Entrevistamos a Jade Seba no Mackenzie Day!

No #MackenzieDay2016, tivemos a presença da influenciadora digital Jade Seba. Ela é atriz, blogueira, youtuber e faz sucesso com seus looks do dia. Por conta disso, ela foi convidada a ir pra Nova York e cobrir alguns eventos do famoso NYFW. Batemos um papo com ela nos bastidores sobre moda e tendências.

 

  • Quer saber mais sobre os eventos do Mackenzie Day? Confira aqui o post sobre Realidade Virtual, da Fernanda Campos.

 

RV: O que você achou de diferente entre o NYFW e o SPFW? img_8222
Jade Seba: Aqui no Brasil, eles concentram tudo num lugar só, geralmente na Bienal. Nos EUA, cada desfile acontece em um lugar. Tem também um lugar específico com vários desfiles, mas as marcas maiores costumam fazer cada uma um evento grande. Eles também aproveitaram bastante as mídias sociais, aquele lance de comprar na hora também. A Tommy (Hilfiger) soube aproveitar bem, o desfile passava ao vivo nos telões da Times Square. Acho legal trazer isso pra cá.

 

RV: O que você acha que bombou lá (NY) e podemos usar aqui (SP)? 

Jade Seba: Eu percebi que nos desfiles não tem mais essa coisa de estação definida. Eles misturam bastante, cada lugar tem
vários tipos de clima e eles sentiram necessidade de lançar um casaco no verão, por exemplo.

 

RV: O que você achou tendência?
Jade: O esporte chique, que está cada vez mais em alta. E aqui no Brasil também, principalmente depois dos Jogos Olímpicos, a galera se inspirou um pouco mais.
As chockers, acho que vão continuar em alta.
Os mules (antigo tamanco), tanto baixinhos quanto os mais altos, vão vir com tudo. Essa coisa dos anos 90 já tá bem forte e veio pra ficar. Em muitas coisas rola um bloqueio inicial, mas depois que você usa, você não quer mais parar de usar.

 

RV: Se você pudesse escolher uma peça pra usar?
Jade: Os mules. Em todos os lugares que eu fui tinha algum. Ou as bolsas de veludo, como as da Channel e da Gucci.

 

RV: É você que monta seus próprios looks?
Jade: Sim. Eu tenho uma amiga que me ajuda como personal stylist, com referências e trabalha comigo. Mas é muito com o meu ok. Acho que moda, dependendo de tendência ou não, você tem que estar se sentindo bem. É muito, muito pessoal. E, acho que por isso as pessoas se identificaram comigo. Moda não é você se sentir pressionado pelas pessoas, é se sentir bem.

 

RV: Como você montaria um look pra faculdade?
Jade: Sou suspeita porque amo uma calça jeans com blusa branca, com cardigã e botinha baixa ou tênis, que é clássico. Você tem que sempre apostar no que te valoriza mais. O importante é conhecer seu corpo e entender o que fica bom em você, porque às vezes o que fica bom nos outros não fica legal na gente.

 

RV: Alguém que você se inspira?
Jade: Gosto muito da Song of Style , elas são minimalistas e mais cool. Gosto do estilo delas, do jeito que elas trabalham com mídias sociais.

 

RV: Você está lançando uma colab com uma marca de atacado. Foi você que ajudou a criar as peças?
Jade: Fiz parte de todo o processo, mas não fiz os croquis porque não sei desenhar (risos). A composição das peças foi minha amiga, Marcela Lopes, que fez, a partir das minha s referências e com os conceitos da marca. São todas peças que eu usaria, tem a versão preto e branco, que eu amo muito, e a colorida em tons pastéis.

 

 

Texto: Isabella Massoud e Gabriela Cesario