Iguatemi Talks Fashion com Tim Blanks

Do dia 23 à 25 de Outubro no shopping JK ocorreu o evento o Iguatemi Talks Fashion, onde diversas palestras foram apresentadas por grandes influentes da moda. No dia 24 eu tive o prazer de assistir a Daniela Falcão (Diretora da Globo Condé Nast) e a Silvia Rogar (Editora-chefe da Vogue Brasil) entrevistando um grande nome da moda: Tim Blanks.

Tim é o ex- apresentador do programa canadense “Fashion File”, onde entrevistava e dava dicas de moda; já trabalhou em grandes revistas como a Vogue, GC e Fantastic Man; escreveu a série de documentários “Master of Style” contando em cada episódio sobre um estilista específico.

O evento começou com a saudação da nossa querida Dani Falcão dizendo o quanto gostava de Tim. “Mesmo ele sendo um grande ícone da moda ele é acessível, nunca se faz de difícil e adora dar oportunidades. Além de ser uma pessoa simpática, alguém que gostamos de estar junto”.

O crítico da moda chega sorridente usando suas habituais camisas coloridas e estampadas e meias de um vermelho vívido. É claro que não podia faltar uma pergunta a respeito de seu estilo único, afinal de onde surgiu essa paixão por camisas tão chamativas? “Tenho uma loja favorita que fica na Nova Zelândia, onde nasci. A maioria das minhas camisas vem de lá, a loja é bem diferente e as camisetas são maravilhosas. Uma dica para quem está interessado, não comprem pelo site, eles não mostram as camisas bonitas lá, terá que ir para a Nova Zelândia comprar a sua, que pena não é?”.

O programa Fashion File foi um grande marco na carreira de Tim onde ele trabalhou de 1989 à 2005. Muito tempo né? Ele disse que tenta não ser muito ambicioso e por isso quando faz algo faz por um longo tempo. “Sabe aquelas pessoas que nunca pensaram em ir a uma loja e gastar milhões em roupas, é engraçado mas essas pessoas eram a maior parte do público que assistia o programa Fashion File. Todo dia alguém vem até mim e diz: Eu cresci assistindo seu programa. Isso faz com que eu me sinta o avô da moda”. Brinca.

Quando Dani pergunta qual meio artístico é crucial na formação de um escritor de moda Tim responde prontamente. “Todos. Música, literatura, pintura, cinema, a moda engloba todo tipo de mídia. Quando você olha para ótimos designers de moda como Alexander McQueen você percebe que estão engrenados em tudo, é importante saber um pouco de tudo, incluindo outras áreas além da moda”.

Apesar de atualmente ouvirmos muito que os Fashion Shows estão morrendo o entrevistado deixa claro que não concorda com isso. “Sou um grande fã de fashion shows, mesmo que digam que está morrendo, ver um show onde designers me mostram suas visões da forma mais pura possível, levando em consideração a maquiagem, as roupas, acessórios, música e o local. É algo genial, que só pode ser devidamente apreciado estando ali pessoalmente, é preciso ver, ouvir e sentir”.

A Mackenzista Paula Nunes, 22 anos, estudante de jornalismo ficou maravilhada com a simpatia de Tim Blanks. “Eu achei ele uma pessoa muito sincera, engraçada e profissional. Dá para ver que ele entende do que fala e eu me senti como se estivesse conversando diretamente com ele na palestra, uma experiência incrível!”.

Se quiser saber um pouco mais sobre como a moda influencia no cinema, acesse  aqui 

E se você amou esse evento incrível com Dani Falcão e Silvia Rogar não deixe de conferir um outro evento com a participação delas:

Natália Croccia Lucchesi
Gosto de como a moda é pessoal, cada um tem e segue a sua! Amoooo gente que ousa e não tá nem aí pro que os outros pensam.