Fake news: como não cair?

Fake News: como não cair?

Com o advento da internet e das redes sociais, as notícias falsas passaram a ser cada vez mais veiculadas. As chamadas Fake News têm se tornado cada vez mais corriqueiras em diversas situações, como em campanhas políticas, para prejudicar algum candidato, ou simplesmente para um site obter grande número de acessos.

Muitas pessoas acreditam e compartilham essas notícias sem perceber que elas são falsas e, para ajudar na diminuição desses casos, fizemos uma lista de como descobrir se uma notícia é verdadeira ou não.

  • Verificar se o site é confiável

É importante procurar o que é o site, de onde ele é e qual seu autor para ter certeza se é um site de jornalismo ou de Fake News.

  • Procurar a assinatura do autor da matéria

Normalmente, notícias falsas não têm a identificação do autor, portanto, se não houver assinatura, desconfie.

  • Averiguar se as fontes da notícia são confiáveis

Em algumas matérias nem mesmo há a menção de fontes e, se citadas, os dados são muito vagos.

  • Checar se a notícia foi dada em outros veículos de comunicação

Essa é uma das formas mais eficazes de se descobrir uma notícia falsa. Se a notícia não foi dada em outros veículos, é provável que não seja verdadeira. Mesmo que seja um furo, sempre há repercussão nos demais veículos.

  • Desconfiar se a notícia tiver característica inacreditável

O conteúdo das Fake News, em geral, são exagerados ou até mesmo absurdos para mexer com o emocional dos leitores.

Além dessas dicas, há sites especializados em desmentir essas notícias, como o Snopes, de língua inglesa, e o E-farsas, brasileiro. Recentemente o Facebook também lançou um filtro para detectar notícias falsas e alertar o usuário.

 

Foto: Free Press

Rebeca Dias
“Escrever é procurar entender, é procurar reproduzir o irreproduzível, é sentir até o último fim o sentimento que permaneceria apenas vago e sufocador [...]" ― Clarice Lispector