Exposição 100 anos de Gianni Ratto

Ei, mackenzista! Já tirou um tempinho para conhecer os arredores da nossa faculdade? Sabemos que às vezes é difícil encontrar esse tempo, então trouxemos uma ótima sugestão para você: a exposição de 100 anos de Gianni Ratto.

O Sesc Consolação oferece muitas atividades, exposições, oficinas e até um restaurante com preços acessíveis! E o melhor de tudo: é aqui do lado.

A exposição da vez é em comemoração ao centenário de nascimento de Gianni Ratto:

Esse senhor feliz na foto!

Gianni Ratto foi um cenógrafo, diretor, iluminador e figurinista que marcou de maneira abalável a renovação do teatro italiano no pós guerra e a estruturação do teatro moderno brasileiro.

Veio ao Brasil em 1954 convidado por Maria Della Costa para trabalhar em seu novo teatro, quem já havia conhecido e trabalhado nas aventuras de suas produções na Itália.

A exposição divide-se em três partes: sua vida, suas produções revolucionárias nos teatros italianos e a reviravolta da sua vinda até o Brasil, onde a contextualização e todas as características da sua carreira são transfiguradas.  Repleta de fotos, instalações, projeções, espaços de interatividade, esboços autorais, maquetes e recortes de jornal que refazem a trajetória do artista.

Primeira parte: a vida de Gianni Ratto!

A primeira parte da amostra é puramente sentimental, chamada de “Primeiros Anos”, onde descobrimos suas raízes na mãe musicista, Maria Giatto -nasceu em meio à arte, viveu e se foi nela também-, sua participação na guerra, a perda de seu melhor amigo na mesma e o início de sua carreira, onde trabalhou no grandioso Teatro Alla Scala, e no Piccolo Teatro.

Segunda Parte: as produções de Gianni na Itália!

É nesta parte que Gianni se torna um dos maiores cenógrafos da Itália, realizando mais de 120 produções em apenas 9 anos de trabalho. Suas características ainda eram mais ostentativas e coloridas – dignas de espetáculos a serem apresentados à elite no grande Teatro Alla Scala.

Neste período, o cenógrafo conhece a atriz Maria Della Costa, que o convida para dirigir em seu teatro no Brasil! Um convite que veio a calhar para quem já queria ir além da construção do cenário-personagem.

Terceira parte: as produções brasileiras de Gianni!

A primeira produção de Gianni aqui no Brasil foi pela peça “O Julgamento de Joana D’Arc”, onde grandes vitrais foram especialmente produzidos para a peça e toda a trama era apresentada em um único cenário.

Gianni Ratto se encantou com a atuação de Fernanda Montenegro logo no início da carreira da atriz e a escalou para um dos personagens principais na peça “A Moratória”. Mesma peça onde Gianni revolucionou a representação dos espaços na montagem, dividindo o palco em dois tempos e lugares diferentes.

Se você curtiu, basta visitar!

A amostra vai até o dia 29 de abril e conta com a possibilidade de visitas orientadas por uma equipe educativa que podem ser agendadas em determinados dias da semana. E de quebra ainda podemos participar de oficinas realizadas ao sábados -12h à 14h, onde é possível se envolver com alguns princípios de obra de Gianni, como confecção de bonecas paper-doll, teatro de sombras ou criação de cenários pop-up! 

Valor da entrada: não tem custo!

Endereço:

Sesc Consolação

R. Dr. Vila Nova, 245 – Vila Buarque, São Paulo – SP, 01222-020

Tel.: (11) 3234-3000