Exame de proficiência de Espanhol: DELE

 

Na série de exames de proficiência, a Editoria Internacional explicará hoje, sobre o exame emitido pelo Ministério de educação da Espanha, o DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), reconhecido internacionalmente tanto na área profissional quanto na acadêmica.

O DELE, é administrado pelo Instituto Cervantes, um órgão do governo espanhol que possui como objetivo a difusão do idioma e da cultura espanhola no âmbito internacional, e a University of Salamanca é responsável pela elaboração, correção e classificação final do teste. Aqui no Brasil a sede está presente em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Níveis do exame

Os níveis do exame são classificados de acordo com o Quadro Europeu Comum Europeu de Referência para as línguas, ou seja, é dividido em seis níveis:

  • A1: Classifica o aluno, como alguém com competência linguística para compreender e usar expressões cotidianas, em um diálogo informal.
  • A2: Falar sobre lugares que possui interesse em frequentar, conversar sobre profissões e outros diálogos básicos, não serão problemas para estudantes deste nível.
  • B1: É o nível entre o intermediário e o básico, sem diálogo complexo.
  • B2: Este é o nível intermediário avançado, quando o aluno possui conhecimento o bastante para se comunicar em situações diárias que exigem maior vocabulário.
  • C1: O estudante pertencente a este nível possui competência necessária para o uso avançado da língua. As universidades exigem este nível para aceitar alunos estrangeiros.
  • C2: O nível mais alto, conhecimento avançado e estar apto a conversar em qualquer situação. Para isso é necessário ter o idioma fluente e amplo conhecimento cultural.

A prova

Organiza-se a prova em quatro habilidades. O grupo 1 é composto por prova de compreensão em leitura, e prova de expressão escrita.

O grupo 2 consiste nas provas de compreensão auditiva, e oral. Cada grupo vale 50 pontos, totalizando 100 pontos, para ser aprovado é necessário alcançar a pontuação mínima de 60, sendo assim 30 de cada grupo.

Para saber mais a aptidão do teste, exigências e classificação clique aqui.

Como se preparar

Há exames publicados na página do Instituto Cervantes como modelo para cada nível, além de existir diversos livros de muitas editoras à venda nas livrarias para uma preparação melhor. Assim como nos exames de inglês, o mínimo exigido pode não ser o suficiente, portanto dê o seu máximo, e fique atento ao tempo de duração da prova. O DELE não tem prazo de validade.

Onde se candidatar

Primeiramente, você precisa provar que a sua nacionalidade não seja de um país a qual a língua oficial é o espanhol, isto vale para a inscrição em qualquer nível do DELE. Para mais informações sobre normas, e documentos, confira o site oficial. Os preços variam de nível para nível, e variam a cada ano. Segue a tabela abaixo, em EURO.

 

 

Nataly Yumi Arakaki
Paranaense, porém paulistana de coração. Amante de livros. Comércio exterior. Apaixonada pelo mundo, e fanática por café.