Estudante cria top que detecta câncer de mama

Um estudante mexicano criou um top que pode ajudar na detecção precoce do câncer de mama. Julian Cantu, de 18 anos, venceu até um prêmio global de estudantes.

A inspiração para a invenção veio de sua mãe, que batalhou contra a doença e teve que remover os seios. O sutiã criado por Cantu ganhou o nome de EVA e foi desenvolvido com três amigos. O público-alvo são mulheres com predisposição genética ao câncer.

O top tem ~apenas~ 200 biosensores que mapeiam a superfície da mama e é capaz de monitorar mudanças como temperatura, forma e peso.

De acordo com o criador, os biosensores podem determinar a condutividade térmica por zonas específicas. Em alguns casos, o calor pode indicar mais fluxo sanguíneo, o que indica que os vasos sanguíneos estão “alimentando” algo, como por exemplo, um tipo de câncer.
Para Amanda Verniano, estudante de jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, estudos que ajudam no combate contra o câncer de mama, dessa forma tecnológica, são ótimas para serem inseridas no dia-a-dia das mulheres. Para muitas, o auto-exame não é tão claro, então, uma peça de roupa que você possa adquirir, que auxilie no diagnóstico, é muito válido.
“Claro que não estamos dizendo para que as mulheres não consultem seus médicos, não é isso”, afirma Amanda. A ideia do utensílio é meramente ajudar a achar algum problema de saúde, entretanto o acompanhamento médico é indispensável.
Por isso, nesse mês de celebrar o outubro rosa, o Diretório Acadêmico de Comunicação e Artes do Mackenzie, se uniu a cabeleireira Marcella Dias (@marcella.dias), do salão Mega HairLine na segunda edição do evento Doação de Cabelo do Outubro Rosa.
O evento ocorrerá dia 23/10, das 10h às 12h. O mínimo para doação é 15cm de cabelo, sendo encaminhados para a instituição Rapunzel Solidária, enquanto os cabelos com mais de 20cm, serão encaminhados para a Cabelegria.
São aceitos todos os tipos de cabelo, com ou sem química. Os cortes serão realizados por ordem de chegada e apenas Mackenzistas podem participar; Lembrando que Mackenzista só é Mackenzista mediante apresentação do TIA. Também aceitaremos mechas já cortadas para encaminharmos para as instituições.
Texto por Raphaela Bellinati
Sagitariana que sou, só saio de casa se for para causar! Escrever é uma das minhas paixões, que disputa o primeiro lugar com moda, memes e comida.