Especial Liga da Justiça- Arte e Quadrinhos

 

Liga da Justiça 2017

Na última quinta feira (16), chegou às telas dos cinemas brasileiros uma das estreias mais aguardadas do ano. Sim, estamos falando de Liga da Justiça, a saga da poderosa equipe do  mundo dos super heróis em quadrinhos.

O longa, dirigido por Zack Snyder esteve à frente de produções cinematográficas da DC Comics, como Homem de Aço e Batman vs Superman. Apresenta a formação do time composto por Batman (Ben Affleck), Mulher Maravilha (Gal Gadot), Cyborg (Ray Fisher), Aquaman (Jason Momoa) e Flash (Ezra Miller). O enredo desenrola-se ao longo de duas horas de: muitos efeitos especiais, sequências de batalhas e embates que entusiasmam os mais variados espectadores. Dando sequência ao término de Batman vs Superman, com a morte de Clark Kent (Superman), Bruce Wayne está em busca de aliados para combater o Lobo do Estepe. Um inimigo recém despertado que planeja destruir o universo. Junto de Diana Prince (Mulher Maravilha), o homem morcego recruta meta humanos, como o jovem Barry Allen (Flash), o rei de Atlantis (Aquaman), e Victor Stone (Cyborg) para deter as forças do mal restaurar a paz e a justiça na Terra.

 

A Sociedade da Justiça

Em 1960, os primeiros quadrinhos da Liga da Justiça chegaram às bancas. Foi missão dos escritores Gardner Fox e Mile Sekowsky dar uma nova “cara” para a antiga Sociedade da Justiça. A DC Comics passava por uma era de ascensão: vários de seus leitores tinham recobrado interesse por seus heróis. Foi então que, depois de um belo e simples “insight” de Fox, grande fã dos esportes, que percebeu na palavra “Liga” um encaixe perfeito para seu novo time de super heróis, que a Sociedade da Justiça fora renovada. Diferentemente do filme recém lançado, o personagem Batman aparecera nas primeiras edições apenas como uma participação especial, não tendo uma ligação direta com a história, assim como o Superman.

Heróis lutam contra a estrela do mar Starro.

A Liga passou por várias formações ao longo dos anos de suas edições. Nos primórdios, os heróis do time enfrentaram uma invasão alienígena, cujo principal vilão a ser combatido era Starro, uma estrela do mar gigante. Entraram na batalha: Mulher Maravilha, Aquaman, Flash, Batman, Superman, Caçador de Marte e Lanterna Verde. Essa foi a primeira aparição do time nos quadrinhos publicados nos anos sessenta.

Liga da Justiça da América: divisão.

Integraram, edições mais tarde, ao grupo, a heroína Canário Negro, Arqueiro Verde e Eléktron. Entrando na Era de Bronze dos quadrinhos, a Liga passou por mais alterações. Batman  e Mulher Maravilha abandonaram o time e novas adições de super heróis foram feitas: Homem Elástico, Tornado Vermelho, Zatanna, Mulher Gavião, Vingador Fantasma e Nuclear. Se já estava confuso acompanhar as mudanças até aqui, no início da Era Moderna, a formação do grupo de super heróis divide-se em duas: A Liga da Justiça da Europa e a Liga da Justiça da América.

Os personagens reunidos nestes quadrinhos discutiam constantemente, e passavam maior tempo brigando entre si do que combatendo os vilões.

      

 

Mas onde está a reunião poderosa de personagens que vimos nos cinemas na última quinta feira?

Novos-52: A formação mais popular da Liga

Nos Novos-52! A versão mais popular da Liga, escolhida para protagonizar o filme da Warner Bros, conta com a formação de Superman, Batman, Mulher Maravilha, Cyborg, Aquaman, Flash e Lanterna Verde (que deve aparecer, segundo rumores do produtor Charles Roven, somente na segunda parte do filme Liga da Justiça). Nas HQ’s, este super-grupo tem a missão de combater um perigo inimaginável, conhecido por Darkseid.

Animação da Liga da Justiça

A história do famoso grupo de super heróis da DC Comics é longa e cheia de reviravoltas. Até hoje, além dos quadrinhos, inúmeros desenhos e filmes animados já foram produzidos, mostrando as diversas formações da equipe e enredos já criados.

 

Fã das HQ’s da Liga desde os 11 anos, Guilherme Rocha, 18 anos, aluno do segundo semestre de Publicidade e Propaganda da Universidade Presbiteriana Mackenzie, assistiu ao novo filme da Liga da Justiça e conta que um dos pontos fortes da produção fora o desenvolvimento dos personagens: “eles conseguiram deixar os personagens fiéis, mas ao mesmo tempo diferenciar para não deixá-los idênticos ao dos quadrinhos”.

Guilherme na CCXP 2016, em São Paulo

O mackenzista ainda elogiou os efeitos técnicos do filme “efeitos visuais, som, estavam incríveis”. Como contras presentes no filme, Guilherme elenca: “vilão esquecível e enredo previsível”.  Atendo-se aos personagens, dia que “O Superman se tornou o Superman como é nos quadrinhos, um símbolo de esperança” e completa, “Gal Gadot como Mulher Maravilha… Para mim, ela está para Mulher Maravilha como Christopher Reeve está para o Superman”.

 

Gostou da breve história do time de super heróis mais famoso da DC Comics? Então confira mais uma aventura da Liga da Justiça nos cinemas!

Fontes: http://www.rika.com.br/personagens-liga-da-justicahttps://www.aficionados.com.br/liga-da-justica-origem-dc-comics/   
    
Fernanda Varela

Fernanda Varela