Em quem podemos confiar

Família. Uma palavra simples de três sílabas, no entanto com um significado tão profundo. O ambiente em que crescemos e reconhecemos como lar, e as pessoas que estiveram presentes conosco desde quando conseguimos lembrar são lembranças que não podem ser apagadas, pois já fazem parte de quem nos tornamos hoje. A base do que somos ou como agimos hoje vem de tudo isso.

Se perguntarmos ao dicionário, família é “um grupo de pessoas com ancestralidade comum”, mas na prática é claro que não funciona dessa maneira. Quantos amigos temos que consideramos parte da família, como um irmão ou irmã, isso torna aquela definição um tanto vaga para a importância que damos ao sentimento que nos traz.

Uma definição que eu considero melhor, mais completa e à altura da importância da palavra: Um grupo de pessoas que nos faz sentir em casa onde quer que seja, nos apoiam e nos faz sentir segurança na pior das situações, o nosso porto seguro, o primeiro lugar em que desejamos estar quando a euforia é grande demais para aproveitarmos sozinhos. Ela nos molda, nos ajuda a descobrir quem somos e criar nossa personalidade. Nos protege e nos sustenta até o fim, sem esperar nada em troca.

E quando chegar a hora de dar continuidade a esse grupo, saberemos o que fazer. Ninguém nunca precisou falar uma palavra sobre o que realmente É uma família, mas nós já sabemos só pelo sentimento que toma conta de nós, e é isso que vamos passar para as próximas gerações, para que saibam que quando tudo parecer difícil e quando se sentirem sozinhos, eles podem ter certeza que não estarão sozinhos.