É a hora do show!

Finalmente é chegada a hora, amanhã às  22h, os dois melhores times da NBA se enfrentarão novamente na final da maior liga de basquete do mundo. Nessa reedição da final do ano passado entre Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers, qualquer aposta é válida.

Ambas as equipes são muito parecidas, Cleveland possui a melhor campanha do lado Leste dos Estados Unidos, enquanto que GSW possui o recorde de vitórias numa temporada regular então, logicamente, possui a melhor campanha da NBA e da conferência Oeste dos EUA. No quesito ídolos, Cleveland possui nada mais nada menos que LeBron James, um dos maiores jogadores da NBA de todos os tempos, e pelo lado de Golden State, Stephen Curry, o fenômeno do momento, talvez o grande expoente da liga hoje em dia.

A única diferença entre as duas equipes é a semifinal de conferência, já que os jogos de Cleveland foram um pouco mais fáceis e duraram menos de sete jogos, contra o Toronto Raptors. Os Cavaliers ganharam a série por 4 a 2, tendo dois dias a mais de descanso que o Golden State, que enfrentou o purgatório contra um Oklahoma City Thunder embalado e extremamente forte, levando o jogo até o extremo, mas os Warriors ganharam de 4 a 3 a série, talvez o cansaço seja peça fundamental para o desenrolar da trama.

Para ganhar o jogo, a equipe de Cleveland precisará, mais do que nunca, de uma performance brilhante tanto defensivamente quanto ofensivamente. A dupla LeBron e Kyle Irving terá que estar em perfeita sincronia assim como o resto do quinteto, que necessita de atuações exemplares. Diferentemente do que se fala, LeBron não “joga sozinho” desde o ano passado, em que os titulares já estão mais habituados do que nunca a jogarem juntos. Esse ano eles prometem uma revanche e tanto, entrarão com mais vontade ainda esse ano e tentar, depois de muitos anos levarem a taça para Cleveland.

Olhando para o lado de Golden State, novamente será preciso a atuação inspirada dos splash brothers, Klay Thompson e Stephen Curry, que juntos já mostraram que podem ganhar partidas difíceis e até mesmo campeonatos, mas claro que o quinteto titular inteiro precisará jogar muito bem para minimizar os efeitos de LeBron James. Será interessante notar também a atuação de Iguodala, que na final de 2015 foi peça importantíssima para a vitória de Golden State na série.

Todos os ingredientes desse jogão já estão na mesa, quem sairá campeão? Descobriremos apenas no final, mas temos a certeza de que será uma série extremamente difícil, com gosto de vingança para os Cavaliers e com anseio pela manutenção da hegemonia para o Golden State, que lutará bravamente. Agora é só esperar o começo do jogo e não desgrudar da TV.

 

Texto por: Felipe Kobayashi