Doce Poesia

A poesia, feita pelo homem, é a manifestação de suas idiossincrasias.

Então nascem quimeras admiráveis,

algumas adoráveis

outras ludibriosas e sombrias.

 

Algumas narram suas trajetórias

outras têm a nobre função de serem disseminadoras de ideias.

Oh! Nobre ser como se entregaste ao homem, ser tão infame!

Mas que vexame!

 

Doces excogitações

por que se entregam a estes corações?

Alguns a usam como iguaria

outros como drogaria,

 

pois sentido não possui o mundo.

A poesia é a coisa mais concreta

e sempre parece incompleta.

Mas sem ela o mundo acabaria desabando!

 

Fotografia por Guilherme Rossi