Curiosidades do Oscar

Você pode ter vinte, cinquenta ou setenta anos, mas independentemente da idade, sempre tem uma boa história para contar. Neste ano, o prêmio mais charmoso de Hollywood faz noventa anos de existência e vem cheio de histórias que você precisa conhecer!

Em 1927, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas criou o prêmio para homenagear seus atores, atrizes, diretores e outras pessoas que ajudam a fazer um bom filme. Na primeira cerimônia-  que durou cerca de quinze minutos, a categoria de melhor filme foi vencida pelo filme mudo Wings (Asas – 1928).

A estatueta

O desejado troféu mede 33cm e pesa cerca de 3,850kg. O valor real da estatueta é de incríveis quinhentos dólares. Ele permanece o mesmo desde a criação da premiação. Na década de quarenta do século passado, durante a Segunda Guerra Mundial, o prêmio foi esculpido em gesso e pintado de dourado devido um racionamento de metais realizado pelos Estados Unidos. Após o fim do conflito, os premiados tiveram suas estatuetas trocadas pelas originais.

Oscar?

O nome do troféu dado ao vencedor do Festival de Cannes é Palma de Ouro, do Festival de Berlim, Urso de Ouro. Mas afinal, por que o Oscar se chama Oscar? Esta é uma pergunta difícil de ser respondida e praticamente uma questão sem resposta. Uma das poucas teorias diz que um jornalista especializado em cinema, chamado Sidney Skolsky se referiu à estatueta pelo nome com que hoje ela é conhecida, e a partir de então o nome Oscar se popularizou entre os fãs do cinema. Em 1939 a Academia decidiu batizar o prêmio de Oscar.

Empates

Você sabia que nem sempre apenas uma pessoa ou um filme podem ganhar o Oscar? Por seis vezes, em noventa anos de premiações, houve empates nas cerimônias. O último empate foi em 2013, na categoria de edição de som. Na ocasião “007- Operação Skyfall” e “A hora Mais Escura” dividiram o prêmio.

Filmes mais indicados

Três filmes receberam quatorze indicações em categorias diferentes, e são os recordistas neste quesito. São eles: A Malvada (All About Eve – 1950), Titanic (1997) e La La Land (2016).

 Os maiores vencedores

Também três filmes possuem o recorde de onze estatuetas: Ben-Hur (1959), Titanic (1997) e Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003). Este último foi vencedor em todas as categorias em que foi indicado.

O maior vencedor

Walt Disney é a pessoa com o maior número de indicações – cinqüenta e nove, e o maior número de estatuetas – vinte e duas.

A maior vencedora

A figurinista Edith Head, possui em sua casa oito estatuetas de melhor figurino além de trinta e cinco indicações. É ela a inspiração da personagem Edna, de Os Incríveis (2004)

 

A atriz mais premiada

Com doze indicações, Katharine Hepburn é atriz que mais vezes recebeu a estatueta mais desejada de Hollywood, quatro ao todo.

 O ator mais premiado

Daniel Day-Lewis, que concorreu neste ano na categoria de melhor ator pelo seu trabalho no filme “Trama Fantasma” (Phantom Thread – 2017), é o ator que possui mais estatuetas, três no total. A nota triste, é que recentemente o ator inglês anunciou sua aposentadoria aos sessenta anos de idade.

 A mais jovem

Em 1975, pela atuação em Lua de Papel (Paper Moon – 1974), Tatum O’Neal recebeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante aos dez anos de idade e se tornou a pessoa mais nova a receber a estatueta.

Oscars recusados

Em todos os noventa anos de cerimônias, por três vezes o prêmio foi recusado. A ocasião mais marcante foi na edição de 1973, em que o ator Marlon Brando, vencedor na categoria melhor ator, por sua interpretação no filme O Poderoso Chefão (The Godfather – 1972). Marlon enviou em seu lugar a ativista Sacheen Littlefrather para proferir um discurso sobre a discriminação indígena na indústria cinematográfica.

O professor do Centro de Comunicações e Letras do Mackenzie, Fernando Salinas, dias antes do Oscar promove uma aula com seus alunos para falar sobre os filmes indicados e também sobre a história da cerimônia.

Leia sobre o Oscar 2018 clicando aqui!

Matheus de Siqueira Nunes

Um apaixonado por futebol, que assiste basquete semanalmente, joga truco ocasionalmente e tenta viver poeticamente…