Como viajar para fora em tempos de crise?

Não deixe que a crise comprometa sua viagem, confira agora 5 dicas preciosas para economizar na hora de viajar para fora! 😉

1.Dê preferência a destinos que também estejam com a moeda desvalorizada em relação ao dólar

Países como Tailândia, Vietnam, Colômbia, Peru, Argentina, África do Sul, Namíbia, Marrocos e Turquia são alguns desses países que estão com moeda em desvantagem em relação ao dólar.  E se você pensa em Europa, dê prioridade ao Leste Europeu que reserva destinos surpreendentes bem mais baratos do que os mais populares. Vale a pena citar lugares como a Croácia, República Tcheca, Polônia, Grécia, Romênia, Eslovênia e Hungria.

 

2.Fique atento a promoções de passagens aéreas e ao seu calendário pessoal

Pense no tempo que você teria para viajar (férias e feriados) e tente conciliar com períodos de baixa temporada e às promoções, portanto,  permaneça  ligado nas principais redes que informam sobre passagens aéreas para aproveitar as ofertas. Além disso, priorize o uso do cartão de crédito em relação ao débito para acumular milhas de viagem.

 

3.Evite a alta temporada

Existem épocas do ano em que as pessoas não têm o costume de viajar, como períodos entre março e junho ou setembro e janeiro, quando o preço dos hotéis tende a ser mais baixo.

Todos estarão trabalhando, enquanto você estará viajando. #Losers

 

4.Opte por destinos turísticos e de lazer, fuja dos circuitos de compras

Esqueça as compras! Elas são as maiores vilãs no orçamento das viagens, portanto tenha como objetivo voltar cheio de memórias e experiências e não com a mala cheia de roupas, souvenirs e até mesmo coisas que você não precisa, mas estão baratas.

 

5.Se hospede em Hostels, diminua uma estrela ou recorra ao Couchsurfing para se hospedar de graça

Renegar o conforto pode ser uma ótima pedida para economizar e nesses casos vale a pena considerar a hospedagem em um hostel. Por lá você compartilhará o ambiente (quarto, banheiro e cozinha) com outros hospedes, mas em compensação conhecerá novas pessoas e culturas, além de claro, poupar dinheiro. Entretanto, se você não abre mão da sua privacidade, diminua a categoria do hotel e opte por um lugar mais simples. E se você não possui pretensão alguma de gastar, escolha o #Couchsurfing – uma modalidade de hospedagem gratuita (Conheça mais sobre ela aqui: http://bit.ly/2aHqJAr )