As maiores queimas de fogos do Reveillon

Confira as maiores e mais famosas queimas de fogos do mundo durante o Réveillon:

Sidney: os australianos podem apreciar um espetáculo de aproximadamente 12 minutos. A queima ocorre principalmente na Sidney Harbour Bridge. Devido ao fuso horário, a Austrália é um dos primeiros países a realizar o ano-novo.

Londres: são aproximadamente dez minutos de queima de fogos. O principal ponto é o London Eye, a famosa roda gigante londrina. Embarcações ao longo do Rio Tâmisa são responsáveis pelo lançamento dos fogos.

Edimburgo: chamado de Hogmanay pelos escoceses, o ano novo é considerado a festa mais importante do ano. Apesar de não contar com praias, o réveillon da cidade é famoso mundialmente. Anualmente, são quase cinco toneladas de fogos, criando uma atmosfera especial.

Nova York: apesar de não ser tão grande quanto as outras da lista, Nova York se destaca pela Times Square. O principal atrativo é a chuva de confetes e a tradicional descida da bola, ambos conhecidos mundialmente.

Dubai: cidade conhecida pelo alto custo de vida e suas construções modernistas e luxuosas, não fica atrás quanto à queima de fogos.

Berlim: a capital alemã ganha destaque devido à queima de fogos em frente ao Portão de Brandemburgo. Outro atrativo são os shows, que animam a multidão em pleno inverno europeu.

Rio de Janeiro: considerada a maior queima de fogos do mundo. O ponto mais conhecido fica na Praia de Copacabana. Os fogos contrastam com a silhueta do Corcovado e do Cristo Redentor. Anualmente, são mais de 15 minutos de queima e pouco mais de dois milhões de visitantes. Outro atrativo são os shows que ocorrem pela cidade. Em junho deste ano, o evento realizado em Copacabana foi considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

Por: Fábio Ribeiro Barreto