Arte a céu aberto: as vacas voltaram!

Se você mora em de São Paulo e é um bom observador, já deve ter notado que a cidade está cheia de esculturas de vacas coloridas nas avenidas, metrôs, praças e parques. Mas de onde elas surgiram?

História

As vaquinhas fazem parte da exposição Cow Parade, o maior evento de arte pública do mundo! Surgiu em 1999 na Suécia e encanta as pessoas até os dias de hoje. As vacas, feitas de fibra de vidro, são decoradas por artistas locais, arquitetos, escultores, designers e artistas plásticos. Se você é uma pessoa criativa e quer ver sua arte na vaca, pode apresentar seu projeto para a seleção! Ao todo, 10 mil artistas já participaram do evento.

O tema desta edição

A Cow Parade completa 10 anos de história no Brasil e, em homenagem a isso, o tema da exposição é “uma viagem pelo mundo” onde os artistas se reuniram para representar nas vacas algumas das cidades por onde o evento já foi realizado. Entre elas, podemos encontrar Fernando de Noronha, Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília, entre outras internacionais.

Por que vacas?

Mas elas despertam um sentimento em comum no mundo inteiro: carinho. É impossível não sorrir ao encontrar uma vaquinha na rua! Em cada lugar do mundo a vaca representa uma coisa. Na Índia, por exemplo, as vacas são sagradas. No antigo Egito, as vacas representavam fertilidade.

Para onde elas vão depois da exposição?

Ao final do evento, todas as vacas expostas são leiloadas e o dinheiro arrecadado é doado para instituições beneficentes. Além de presencialmente, os lances podem ser feitos através da internet.  Ao longo desses 18 anos de exposição, já foram doados U$ 35 milhões para entidades beneficentes.

Onde encontrar as vaquinhas

São 56 vacas espalhadas pela cidade toda. Você sabe onde elas estão? Podemos te ajudar!

E aí? Qual vaquinha você gostou mais? Conte pra gente nos comentários!

Luísa Pacheco
Ar te inspira. Ar te expira. Sem ar te sufoca.