Arnaldo Branco

Perfil de: Arnaldo Branco

“Me sinto mal em ser uma homenagem viva a alguém que odeio”.

E é com este pequeno desabafo que Arnaldo Branco fala de seu pai, com quem não tem contato por opção própria, tendo como ponto de apoio apenas a avó, a irmã e a mãe. Seu humor um tanto ácido já foi responsável por vários de seus desentendimentos, mas o que fazer se é sua marca registrada? A compensação vem por meio de sua persistência, tanto no que diz respeito ao curso de arquitetura, quanto na vida pessoal. A maior loucura que já fez na vida foi andar do Mackenzie até Guarulhos a pé (oito horas de caminhada). Com 23 anos nas costas, Arnaldo se sente bem ao falar da família. “Apesar da minha família ser muito tradicional e conservadora, em alguns sentidos, tenho ótimas surpresas com eles, me aceitaram do jeito que sou”.

Escrito por: Isabel Melo e Larissa Sugiyama

Foto por: Bruna Coelho

Isabel Melo

Viciada em memes e acupuntura, sagitariana ácida.