Ana Carolina: Meu combustível é ajudar os outros

Ana Carolina, de 21 anos, está no primeiro semestre de Psicologia. Nasceu em Paulínia, mas veio morar em São Paulo em 2016 para estudar.

Ao chegar no Mackenzie, se sentiu muito acolhida e a acessibilidade a deixou bem à vontade. “Tem umas coisas do Mackenzie que eu gostei demais, todos os professores com os quais falei sobre eu ser deficiente auditiva, me deram apoio e acessibilidade. Alguns tiveram um trabalhão para transcrever um vídeo dublado, transformando tudo em um texto para eu conseguir acompanhar…”

“Se eu pudesse, eu daria acessibilidade à todos os deficientes. Eu sei bem como é não se sentir incluído no mundo por falta de acessibilidade, e isso é uma coisa horrível, de verdade. E eu pretendo ajudar o mundo a lidar com os seus sentimentos, e com os outros, por isso estou fazendo psicologia! Aliás, eu diria que o meu combustível é ajudar os outros de alguma forma, nasci pra isso sabe? É muito legal você ter um poder de ajudar os outros, participar da evolução deles.”

Carol, como gosta de ser chamada, também tem alguns hobbies como escrever, fazer trilhas e um amor enorme por dar aulas, especificamente reforço escolar. Ela sonha em poder ajudar pessoas.

“Queria muito inventar alguma matéria escolar na qual as pessoas conseguissem lidar com os próprios sentimentos e medos, pois sinto que o mal de hoje em dia é que as pessoas são ensinadas somente na parte racional, porém a sentimental é deixada de lado e por isso não sabemos lidar com os nossos sentimentos. Queria muito conseguir dar acessibilidade a todos, não apenas aos deficientes.”

Sonhadora, ela não desiste do que acredita e afirma: “Quero muita coisa, né? Mas vamos que vamos, um dia chego lá!”

Escrito por Victória Santos