A cidade para além das ruas

As cidades grandes, nossas famosas metrópoles, trazem consigo além de toda sua cultura e infinitas ruas, muita história. Quem vive nessas cidades, principalmente São Paulo, já se acostumou a rotina difícil quem vem com elas. O trânsito, a distância entre os lugares, os transportes públicos lotados. E entre tudo isso, as pessoas seguem com suas rotinas e afazeres de modo tão automático que, a maioria delas, mal conhece a própria cidade.

Se dissesse que por de baixo da maioria das ruas de São Paulo correm milhares de rios. Que ainda existem populações indígenas vivendo na capital – em Parelheiros na Zona Sul e no Pico do Jaraguá na Zona Norte. E que mais de 3,5 milhões de pessoas se locomovem por metrô por dia. A maioria dos paulistanos, de nascença ou de escolha, não acreditariam.

As cidades acabam passando por despercebido. Essa distância entre o cidadão e a cidade acaba fazendo com que ela se torne um cenário de passagem. Se essa distância se encurtar e cada um se tornar mais consciente da importância de conhecer o lugar onde vive, as cidades seguiriam o caminho rumo a locais cada vez mais inclusivos, sustentáveis e democráticos.

Cidade Para Pessoas
Ilustração site “Cidades Para Pessoas”

A criação de espaços públicos das mais diversas formas, todos pensados nos interesses da população que vive no local. Possíveis demolições que deem espaços a novos parques, ao invés de complexos de edifícios, com interesses unicamente imobiliários. Construções históricas tombadas e transformadas em espaços de encontro para a população ao invés de estacionamentos. Essas são só algumas das mudanças que essa conscientização traria.

Muitos projetos e iniciativas foram criadas com o intuito de trazer à tona essas questões sobre o espalho urbano e o dia-a-dia das pessoas. Escolhemos alguns projetos/iniciativas e eventos para quem tem interesse em ver na cidade, muito mais do que ruas e calçadas de cimento.

Cidade Para Pessoas:

O projeto aproxima pessoas que querem viver numa cidade melhor, querem fazer parte desse processo de melhora, mas não têm clareza de como fazer isso. No seu site eles mostram todos os projetos que já fizeram por diversas cidades do Brasil além de sempre postar matérias sobre o assunto.

Brechas Urbanas:

Apesar de pouco conhecido o projeto do Itaú Cultural da Avenida Paulista traz, semanalmente, palestras sobre assunto. Com temas como mobilidade urbana, a invisibilidade das pessoas em meio à cidade. Além de exposições sobre cultura e conversas sobre elas e sobre os temas semanais, que visam discutir ideias e projetos que priorizem as pessoas.

3º Seminário Instrumentos Urbanos Inovadores Intervenções urbanas: instrumentos de viabilização:

O seminário acontece anualmente no Mackenzie. E traz profissionais da área para conversar sobre a importância do espaço urbano e a sua relação com as pessoas. Professores, arquitetos e engenheiros são só alguns dos convidados do seminário. O evento acontece amanhã (29/11) das 8h30 às 15h na Fau Mackenzie dentro da universidade Mackenzie. Haverá dois painéis, da manhã e da tarde, com 4 palestrantes em cada, seguidos de debate. O evento é gratuito, e para se inscrever é só ir nesse site.

Dá uma olhada nesses lugares incríveis de São Paulo para ir e fotografar.

Larissa Iole de Freitas

Paulistana propensa a sonhar demais em meio a realidade. Apaixonada por histórias novas, café(s), bons livros e uma boa playlist que acompanhe isso tudo.