O que seu celular tem a ver com as mães escondidas da Era Vitoriana

Houve uma época na história da fotografia em que as mães das crianças se cobriam com um pano e ficavam sentadas atrás de seus filhos para que eles pudessem tirar foto. Hoje esses retratos parecem tirados de um filme de terror, mas isso acontecia porque as câmeras demoravam muito para conseguir fazer um registro. Como as crianças costumam ser muito inquietas, era preciso que suas mães estivessem com elas para poderem acalmá-las.

Além disso, por muito tempo os equipamentos necessários para tirar uma foto eram muito pesados ou muito caros. Geralmente os dois. No início do século XXI, as empresas começaram a desenvolver os celulares com câmeras, de forma que o acesso a esse tipo de linguagem tem ficado cada vez mais popular. Já existem até premiações para fotos tiradas exclusivamente com celulares!

Fácil acesso e possibilidades

Tanta intimidade com esses recursos já é vista inclusive como identidade da geração atual de jovens. Na edição deste ano do Sony World Photography Awards, um dos principais prêmios do mundo no ramo, foi proposta na categoria de fotos tiradas por estudantes o tema “Millenials”: das dez fotos ganhadoras, quatro retratavam pessoas nos celulares. A expressão é utilizada para definir quem nasceu aproximadamente até meados dos anos 90 e cresceu em meio às transformações da virada do milênio. A organização recebe inscrições de mais de quatrocentas instituições de ensino no mundo e tem impulsionado a carreira de vários profissionais.

Fernando Pereira, fotógrafo e professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie, diz que atualmente essa área está “bem flutuante”. Ele aponta que o fotojornalismo é uma vertente que está em baixa e a fotografia empresarial em alta, havendo oportunidades principalmente no agronegócio. A dica que Fernando dá para quem quer começar a trabalhar com isso é “diversificar e trabalhar o máximo possível em áreas diferentes, não ficar muito parado em uma coisa só”.

Autoria de Adam Zadlo. Uma das fotografias ganhadoras do SWPA 2015.
Uma das fotos ganhadoras do SWPA 2016, tirada por Adam Zadlo.