Conhecendo o Japão sem sair de São Paulo

 

As lanternas vermelhas chamadas suzuranto sobre a rua e as placas com ideogramas japoneses nos transportam para o outro lado do mundo. E é assim que o bairro da Liberdade nos recepciona e se consagra como uma ótima opção de divertimento na capital paulistana – sendo um passeio para toda família que abrange cultura, gastronomia, entretenimento e compras.

O bairro começa na Praça da Liberdade na Rua Galvão Bueno e a partir deste ponto diversos empórios de comidas importadas, lojas de presentes, decoração e beleza e restaurantes se concentram por toda sua extensão. Nestes lugares é possível encontrar produtos e alimentos de procedência japonesa, chinesa ou koreana, além de tradicionais marcas do mercado com uma variedade muito maior de sabores. A criatividade oriental se aplica também na gastronomia, portanto, você encontrará os mais variados e malucos sabores de doces e tipos de embalagem.

É por lá também que você encontrará um verdadeiro paraíso geek ao adentrar qualquer uma das galerias da Galvão Bueno que reúnem uma infinidade de toy arts, action figures, camisetas, dvds, animes e tudo relacionado ao universo nerd.

toon-toys1

 

O tradicional bairro japonês tem cores, sabores e cheiros que despertam nossa curiosidade e apetite, nos convidando a fazer uma pausa em uma das dezenas de restaurante orientais que existem por lá – ou ainda, se fartar em uma das barraquinhas de comida da famosa Feirinha da Liberdade.

 

A feirinha rola todos os sábados na Praça da Liberdade, onde está localizada a estação Liberdade do metrô (#FicaDicaDeTransporte) e reúne mais de 200 barracas de artesanatos e comida típica.

liberdade 2

feira-da-liberdade_thays-bittar_to

 

E quanto às opções culturais, vale uma visita à macabra Capela dos Aflitos  cujo terreno fazia parte do Cemitério dos Aflitos, onde indígenas condenados à forca eram sepultados, ou uma passada no Museu da Imigração Japonesa na Rua São Joaquim que registra e preserva quase tudo que possa contar a história da imigração japonesa no Brasil.

Uma das pedidas mais divertidas do bairro são os famosos karaokês – a representação máxima da cultura musical japonesa – onde em salas reservadas para grupos pequenos ou maiores você pode soltar sua voz sabendo cantar ou como um amador cantor de chuveiro, e ainda, desfrutar da decoração ambiente e dos petiscos do lugar.

 

E aí, ficou com vontade de conhecer a Liberdade? Aproveite as férias e o final de semana para conhecer um dos pontos turísticos mais queridos de São Paulo!

Sayonara!!! 😀

Flavia Gondor

“Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.” – Fernando Pessoa