A Champions League está de volta!

A competição de clubes mais badalada da Europa voltou com tudo na última semana. Desta vez, os times vão em busca da sonhada na final no NSK Olimpiyskyi, em Kiev. Será a primeira vez que a Ucrânia sediará uma final de UEFA Champions League.

Na primeira rodada, os “times grandes” da competição voltaram goleando seus adversários, com certa facilidade. O atual bicampeão Real Madrid estreou com vitória por 3 a 0 contra o fraco Apoel, com dois gols de Cristiano Ronaldo. O clássico da rodada, entre Barcelona e Juventus, acabou com vitória fácil do time catalão por 3 a 0, com dois gols do argentino Lionel Messi. Outras goleadas tranquilas foram: 4 a 0 para o Manchester City, contra o Feyenoord (Holanda); 6 a 0 para o Chelsea, contra o Qarabag (Azerbaijão); e 5 a 0 para o PSG de Neymar e companhia, contra o Celtic.

Segundo Gabriel Pellegrine, estudante de Jornalismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, essas goleadas são normais no começo da competição. “A diferença entre os times de grande e pequeno investimento é muito grande. Isso acaba tornando a fase de grupos menos competitiva, e até um pouco chata dentro do torneio.”

Quando perguntado sobre seu favorito para ganhar a Champions nessa temporada, Gabriel apostou no atual campeão inglês. “Como nos últimos anos, acredito que Barcelona, Real Madrid e Bayern de Munique serão os favoritos, mas o Chelsea surpreenderá e será o campeão.”

A segunda rodada da fase de grupos já acontecerá na próxima terça e quarta feira, dias 26 e 27/09, com alguns clássicos europeus. Na terça, o Real Madrid encara o Borussia Dortmund buscando se isolar na liderança do grupo. Na quarta-feira, os jogos entre Atlético Madrid e Chelsea, e PSG e Bayern de Munique são os principais destaques do dia, por reunirem craques de muitas seleções e serem praticamente finais antecipadas.

Texto por Guilherme Pansonato.